Cachoeiro-ES,

Geral


Invasões destroem área de preservação no Gilson Carone

19.04.2017

 

Parte do espaço invadido é área de preservação permanente, que não poderia ser ocupado (Fotos: Wagner Lopes)

 

Alessandro de Paula

 

Uma intensa movimentação de máquinas abrindo terreno em meio à vegetação e de pessoas fazendo demarcações de lotes vem mudando a rotina de moradores do bairro Gilson Carone, em Cachoeiro de Itapemirim.

 

No local, segundo informações junto aos moradores, há terrenos a partir de 100 metros quadrados sendo vendidos, com preço mínimo de R$ 1 mil. Mas a prefeitura alerta que quem comprar lote vai perder dinheiro, pois o que ocorre é uma invasão, que será coibida.

 

De acordo com o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sendurb), Mário Stela Cassa Louzada, os invasores tentam ocupar uma área de 15 mil metros quadrados que pertence ao município e a particulares.

 

Parte do espaço invadido é área de preservação permanente, que não poderia ser ocupado. O espaço está situado próximo ao residencial Otílio Roncete, do programa Minha Casa, Minha Vida.

 

Ele informou que a prefeitura está planejando uma ação coordenada entre várias secretarias e a Polícia Militar para conter as invasões. Na operação, serão retiradas as demarcações e máquinas poderão ser apreendidas. Além disso, explicou, o município deve entrar com ação na Justiça de reintegração de posse para retirar alguns barracos.

 

“São pessoas organizadas que estão demarcando terras e oferecendo para venda. É ilegal, pois é uma área pública. Além de ser um crime ambiental”, alertou Louzada.

 

O secretário negou comentários entre moradores de que a área foi doada pela prefeitura. “Isso não é verdade. É uma invasão e como toda invasão é um ato de irresponsabilidade. Vamos agir dentro da lei, com todas as forças para zerar o problema”, garantiu o secretário.

 

Louzada informou que a prefeitura tem projetos para o terreno invadido, com exceção da área de preservação permanente.

 

No trecho ligado ao bairro Coramara está projetada a construção de uma escola. Já do outro lado, o município pretende instalar uma supercreche, escola e equipamentos públicos para atender aos futuros moradores do Otílio Roncete.

fonte http://www.jornalfato.com.br

 

 

 

 

 

 

Comentários


Atenas Notícias

© 2016 Atenas Notícias. Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.