Home    Colunista    Ilauro de Oliveira

Audifax estica corda contra Governo

Por Ilauro de Oliveira

22.01.2019

O prefeito da Serra Audifax Barcelos (Rede) resolveu esticar a corda e não atender ao pedido do Governo do Estado.

A Prefeitura da Serra é uma das quatro que não devolveram os recursos de convênios já firmados com o Governo no último trimestre de 2018. As outras foram: Castelo, Linhares e Fundão. Já a maioria dos prefeitos – 49 ao todo – optou pela devolução para em seguida repactuar o formato do convênio.

Sob o argumento de que a população não pode ser prejudicada, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) usou um vídeo para justificar os motivos pelos quais não vai devolver os recursos de cinco convênios firmados na gestão Paulo Hartung.

O vídeo, que pode ser visto no Facebook do prefeito, foi gravado em uma dessas obras, o Hospital Materno-Infantil com 135 leitos e que, segundo ele, servirá para atender a população de toda Grande Vitória. O dinheiro desse convênio, no valor de R$ 8 milhões, vai equipar o local que deve ser entregue no final desse ano. Enquanto Audifax fala, é possível ver homens trabalhando e os serviços em estado avançado.

No vídeo, o prefeito não revela o valor total dos convênios, mas reforça que não há nenhuma ilegalidade neles, o que justifica a não devolução, sob pena de que a população será a maior prejudicada.

Dentre os casos onde não houve acordo entre prefeituras e Governo, destaca-se a situação da Serra pelo tamanho e pela importância do município no contexto econômico e político do Estado. Sem contar que o partido Rede tem também um senador recém-eleito, Fabiano Contarato, que, até que se prove o contrário, é aliado de Audifax e obteve uma votação expressiva na Serra obtendo 156.417 votos.

Trata-se de um gigante capixaba que faz um confronto público contra um Governo que acaba de ser eleito. Audifax chega a se referir à proposta governamental de “meramente política”.

Na geopolítica capixaba, essa corda esticada muito cedo pode deixar sequelas. Portanto, é preciso aguardar agora quais serão os próximos passos do Governo.  

******************************************************************

“Toda ilusão se desfaz em mágoas / Mas eu não chorei quando nosso romance acabou / É tão difícil a felicidade / Mas eu me sinto à vontade / Pra recomeçar no caminho do amor” – Quem Sabe (Paulinho da Viola)

 

 

Comentários


Ilauro de Oliveira

ilauro01@gmail.com

 

 

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web