Home Política

Prefeitura muda sistema para armazenar dados

Implantação de sistema que é considerado mais moderno e eficiente, deve gerar redução de gastos públicos

Por | 12.01.2018

 

Servidores de RH de quatro secretarias receberam treinamento esta semana para iniciar migração (Foto: Divulgação/PMCI)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A tentativa de reduzir despesas continua em todas as frentes na Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim. A última ação divulgada foi a implantação de novo sistema integrado para armazenamento de documentos e informações da gestão pública, cuja economia esperada é de R4 2 milhões ao longo de quatro anos. Os servidores das áreas relacionadas passam por treinamento para operá-lo. A migração do sistema começou nesta quinta-feira (11).

 

A expectativa é de que a nova tecnologia dê mais praticidade e agilidade aos procedimentos burocráticos da administração municipal relativos a contabilidade, folha de pagamento, recursos humanos, reunião de dados sobre patrimônio e almoxarifado, prestação de contas a órgãos de controle, entre outros.

 

O novo sistema, garante a Prefeitura, também é mais barato. O preço da locação dos serviços por quatro anos junto à E&L, que foi contratada por meio de licitação, é aproximadamente 50% menor do que o acordado com a empresa anterior, gerando economia de cerca de R$ 2 milhões.

 

A nova empresa é capixaba e está presente em 90% dos municípios do estado, o que, avalia a Prefeitura, facilita na solicitação de algum tipo de mudança decorrente de alterações na legislação municipal ou manutenções tecnológicas -a empresa anterior era do Mato Grosso.

 

"É um sistema todo integrado e permite que algumas rotinas, que antes poderiam tomar uma semana de trabalho dos servidores, sejam resolvidas de imediato", destaca o secretário municipal de Administração, Ramom Gobetti.

fonte http://www.jornalfato.com.br

 

 

Comentários Facebook


É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias. Todos os direitos reservados.

Cadetudo Soluções Web