Home Geral

Vereador que criticou turismo de Patrimônio da Penha diz que foi mal interpretado

Por | 13.03.2018

 

“Não foi bem assim. Não generalizei e não quis ofender a população de Patrimônio da Penha, da qual tenho grande apreço”, explica o vereador de Dores do Rio Preto, Eclair de Souza (PSB). O vereador causou polêmica após a circulação de um vídeo nas redes sociais onde ele critica o turismo da localidade do município vizinho, Divino de São Lourenço.

No vídeo, ele diz que o turismo em Patrimônio da Penha é “para fumar maconha”, algo que não respeita e que não quer em seu município, Dores do Rio Preto.

Segundo Eclair, sua fala foi em resposta a um colega, durante uma discussão na Câmara sobre o turismo em Dores e nos distritos Pedra Menina e Mundo Novo. “O vereador em questão fez um comentário do qual não concordei, pois entendi que ele havia enaltecido o turismo da Penha e diminuído o praticado no município de Dores, sendo que são diferentes. Na internet só colocaram minha resposta”, disse Eclair.

O vereador reconheceu que a comunidade pode ter se ofendido. “Eu não me referi aos moradores, comerciantes. Eu frequento o local, almoço por lá. Minha preocupação com a liberdade que turistas sentem em usar drogas ao ar livre por lá. E isso não quero para Dores como também não quero para lugar nenhum”, reforça Eclair que se diz aberto a conversas. “Sei que a Associação de Moradores de Patrimônio da Penha se posicionou e quero conversar para resolver isso”.

“Entendo que são turismos diferentes, na Penha é alternativo. Mas me preocupo com essa facilidade e liberdade que alguns sentem em usar drogas, pois atrai criminalidade e a população não tem nada a ver com isso”, finalizou.

fonte http://www.aquinoticias.com

 

 

Comentários Facebook


É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias. Todos os direitos reservados.

Cadetudo Soluções Web