Home Cidades

Socol de Venda Nova do Imigrante ganha certificado de origem

O produto recebeu o mesmo selo de origem que as panelas de barro de Goiabeiras têm

Por | 13.06.2018

 

Socol, do Sítio Lorenção

Foto: Fernando Madeira

O socol produzido em Venda Nova do Imigrante ganhou o certificado de Indicação Geográfica (IG). O produto tipicamente capixaba, a partir de agora, conta com um atestado para comprovar suas características e qualidade. Além disso, o município da Região Serrana do Estado passa a ser referenciado como local de origem do socol.

O produto fabricado com carne suína demorou quase quatro anos para receber a IG. O pedido de referenciamento geográfico do item foi realizado em julho de 2014 pela Associação dos Produtores de Socol de Venda Nova do Imigrante. Nesta terça-feira (12), a concessão da Indicação Geográfica foi publicada na Revista da Propriedade Industrial (RPI), editada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi).

Outros produtos capixabas, além do socol vendanovense, já receberam o registro. Esse é o caso das panelas de barro de Goiabeiras, do mármore de Cachoeiro de Itapemirim, do cacau de Linhares e do inhame de São Bento de Urânia, na Região das Montanhas capixabas. Ao todo, apenas 49 itens possuem essa certificação em todo o país, sendo cinco no Espírito Santo.

De acordo coma publicação do Inpi, a área compreendida pela indicação geográfica é composta por Alto Bananeiras, Bananeiras, Lavrinhas, Sede, Tapera, Alto Tapera, Santo Antônio da Serra e Providência. A delimitação da área ocorreu por serem esses os locais que concentram descendentes de italianos que historicamente fabricam e comercializam o socol. 

O QUE É O SOCOL?

O socol é um alimento de origem suína. Ele é um embutido feito a partir do lombo de porco, envolvido por um revestimento de carne bovina ou suína, temperado com sal, alho, pimenta-do-reino e, em alguns casos, também pode levar cravo e canela. O consumo dele é feito fatias cruas e bem finas.

A receita é uma herança dos imigrantes italianos da região do Vêneto, que mantém até hoje o seu modo de preparo e armazenamento deste produto. A importância do produto para o município é tamanha que há quase 20 anos, no mês de maio, Venda Nova do Imigrante realiza a Festa do Socol para celebrar as origens do produto.

O QUE É INDICAÇÃO GEOGRÁFICA (IG)?

De acordo com o Inpi, a Indicação Geográfica (IG) é usada para identificar a origem de produtos ou serviços quando o local tenha se tornado conhecido ou quando determinada característica ou qualidade do produto ou serviço se deve a sua origem. No Brasil, ela tem duas modalidades: Denominação de Origem (DO) e Indicação de Procedência (IP). Um exemplo clássico da Indicação Geográfica é o presunto de Parma, na Itália, ou os espumantes de Champagne, na França.

fonte https://www.gazetaonline.com.br

 

 

Comentários Facebook


É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias. Todos os direitos reservados.

Cadetudo Soluções Web