Home Saúde

Itapemirim aumenta investimentos em relação ao ano passado

Foram R$68.010.469,61 investidos em 2018,  ou seja, mais de R$ 12 milhões de reais além do que foi aplicado no ano passado, que ficou no valor de R$56.382.977,02.

Por | 27.12.2018

Segundo números oficiais divulgados nesta quarta-feira (26), a Prefeitura de Itapemirim, por meio da secretaria de Saúde, vem realizando grandes ações para melhorar cada vez mais a saúde dos munícipes. Foram R$68.010.469,61 investidos em 2018,  ou seja, mais de R$ 12 milhões de reais além do que foi aplicado no ano passado, que ficou no valor de R$56.382.977,02.

Dentre as ações que podem gerar maior impacto positivo para a população,  está a destinação de mais de R$1,4 milhões de reais  para compra de equipamentos importados e com tecnologia de ponta para os hospitais Litoral Sul (antigo Santa Helena) e Menino Jesus.

Com isso, a UTI do Hospital Litoral Sul recebeu o pontapé inicial para sua construção, como comenta o secretário de Saúde, Júlio César Carneiro. “O sonho da construção da primeira UTI do Litoral Sul é muito antigo. Há muito, esperamos e precisamos deste tipo de serviço aqui. Tivemos todo o empenho do Dr. Thiago em iniciar esse processo e precisamos, ainda, do apoio do Governo do Estado. Mas agora, acredito que estamos muito próximos de conseguir este feito”, destaca.

A UTI do hospital Litoral Sul já recebeu a nova Central de Monitoramento e dez monitores multiparâmetro, adquiridos com recursos próprios do município. O valor destinado à compra das máquinas da UTI que será construída foi de de R$1 milhão de reais. Os equipamentos são importados e contam com tecnologia de ponta.  Além dos equipamentos que serão entregues, estão para chegar também: 03 Desfibriladores; 05 Ventiladores Pulmonares; 01 Eletrocardiógrafo; 01 Foco; 1 Marca-passo;  2 Cardios de Emergência; 10 mesas com cabeceiras; 8 computadores e 2 transformadores de energia.

Os equipamentos da maternidade foram adquiridos graças ao convênio com o Governo Federal. O investimento foi de aproximadamente R$ 410 mil.  Foram adquiridos sete máquinas, sendo: bomba de infusão, aparelho de anestesia, monitor multiparâmetro, incubadora de transporte neonatal, aspirador de secreções, ventilador pulmonar e um cardioversor marcapasso (desfibrilador), carrinho de anestesia e detector fetal.

Além disso, outra ação importante realizada neste ano foi a reabertura da Agência Municipal de Agendamentos (AMA), que possibilitou a realização de mais de 300 cirurgias de Catarata para os muncícipes, através de convênio com o Governo do Estado. 

Ações desenvolvidas pela atenção primária também fortalecem o bom desempenho dos atendimentos no município, entre as ações estão: as Tendas da Saúde na praia de Itaoca em pleno verão, durante o ano aconteceu a Planificação (capacitação dos funcionários da saúde ofertado pelo estado), entrega de balança pediátrica para as Unidades de Saúde, Curso de estratificação de risco para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Ação Global nas comunidades de Safra, Graúna, Garrafão além das ações nas unidades de saúde.

Campanhas de conscientização

 

Ao longo do ano de 2018, também foram realizadas diversas campanhas para prevenir e alertar a população sobre questões importantes de saúde.

 

- Janeiro Roxo (combate a Hanseníase),

- Março campanha de Combate à Tuberculose,

- Maio foi de Combate ao Tabagismo,

- Agosto aconteceu ações do Hiperdia (cadastramento e acompanhamento de portadores de hipertensão arterial e/ou diabetes mellitus),

- Setembro Amarelo (prevenção ao suicídio)

- Outubro Rosa conscientização sobre o câncer de mama,

- Novembro azul (conscientização dos homens sobre câncer de próstata,

- Dezembro vermelho campanha de (combate a Aids e campanhas de doação de sangue).

 

Programas inovadores

 

Alguns programas foram fundamentais para o bom resultado dos serviços de saúde prestados à população. Dentre eles,

 - Programa Viva Sorrindo, que permitiu a realização de atendimento odontológico para pacientes com deficiência física e mental.

- Saúde Não Tem Hora, (Equipes da saúde ofertam as terças-feiras atendimento noturno médico, de enfermagem e vacinas para os trabalhadores),

- Visão do Futuro (ação desenvolvida nas escolas com a presença do oftalmologista), Visão sem fronteira (atendimento especializado em oftalmologia por unidade móvel nas comunidades),

-  Programa Leite é Vida

Uma parceria das Secretarias de Saúde, Educação, Agricultura e Meio Ambiente (acompanhamento e pesagem das crianças inseridas no programa),

- Programa do Bolsa Família/sisvan/crescer saudável,

- Visita domiciliar de nutricionistas, para acamados e domiciliados para processo de dieta enteral.

- fisioterapia domiciliar, para acamados e domiciliados

e Realização de consultas a gestantes de alto risco do programa adeus celulite, cirurgias de laqueadura, vasectomia,

- inserção de diu e planejamento familiar.

Procedimentos de colposcopia, biopsia e cauterizações.

- Realização de testes rápidos nas gestantes no 1º e 3º trimestre.

Outra iniciativa que vem sendo bem aproveitada é o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), responsável pelo atendimento de pessoas portadoras de transtornos mentais e que precisam de tratamento intensivo. Neste ano, foi criado o programa “ Terça Saudável”, em parceria com a secretaria de Meio Ambiente.

A Casa Rosa, criada no ano passado, como um espaço exclusivo para o atendimento especializado da saúde da mulher, em 2018 ganhou reforço e trouxe mais conforto e bem-estar para seus pacientes, comi uma equipe multidisciplinar que dá toda atenção a mulher itapemirinense.

 

 

 

Comentários Facebook


Mais Saúde

Programa de atendimento integral ao idoso da Unimed Sul Capixaba completa um ano

Faculdade Multivix firma parceria com Iases para atendimento odontológico de socioeducandos

Mitos e verdades sobre o Aedes aegypti

Médica dá dicas para uma boa noite de sono

Mais de 2 mil capixabas fazem tratamento contra doença renal crônica

Obras no novo Hospital Unimed Sul seguem em ritmo acelerado

Hospitais filantrópicos do ES pedem reajuste da tabela do SUS

Saúde debate serviços de hospitais filantrópicos

Superbactéria circulou no Brasil antes de ser descrita pela China

Unimed Sul cria Centro de Estudos para educação continuada e desenvolvimento das atividades científicas

São Joaquim recebe ação itinerante com consultas e exames

Pesquisa: 5,6 milhões de brasileiras não vão ao ginecologista

Hospital Unimed Sul registra baixos índices de infecção hospitalar, segundo Anaph e Anvisa

Cachoeiro investiu R$ 44 milhões em saúde pública em 2018

Santa Casa Cachoeiro faz campanha para reforçar estoque de sangue no carnaval

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web