Home Política

Renato Casagrande toma posse na Assembleia

Novo governador leu compromisso de posse, assinou termo de posse e discursou para autoridades, jornalistas e convidados, que lotaram o Plenário Dirceu Cardoso

Por | 01.01.2019

Foto Tati Beling (Ales)

O novo governador do Espírito Santo, José Renato Casagrande (PSB), chegou para a cerimônia de posse na Assembleia Legislativa às 14h26. Casagrande veio acompanhado de sua esposa, Maria Virgínia Moça Casagrande, e da vice-governadora eleita, Jacqueline Moraes da Silva Avelino (PSB), que também chegou ao Palácio Domingos Martins junto com seus familiares. 

 
Os novos condutores do Executivo estadual foram recepcionados por correligionários e autoridades políticas e militares. No trajeto até o Plenário Dirceu Cardoso para a sessão solene de posse, Casagrande cumprimentou o público, posou para fotografias e aguardou no Salão Nobre da Assembleia Legislativa para sua entrada oficial.

 
Concomitantemente, a Mesa Diretora da Casa abria os trabalhos no Plenário Dirceu Cardoso, lotado por autoridades, convidados e jornalistas. O presidente do Legislativo estadual, deputado Erick Musso (PRP), designou uma comissão de parlamentares para conduzir a entrada de Renato Casagrande e Jacqueline Moraes. Os deputados Da Vitória (PDT), Dr. Hércules (MDB), Janete de Sá (PMN) e Sergio Majeski (PSB) foram os responsáveis por acompanhá-los. 

A mesa de honra foi composta pelos novos governador e vice-governadora e pelos membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa: presidente, Erick Musso (PRP); 1ª secretária, Raquel Lessa (Pros); 2º secretário, Enivaldo dos Anjos (PSD) e 2ª vice-presidente, Janete de Sá (PMN). 

Também compuseram a mesa o presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, Sergio Gama; o presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT/ES), Mário Ribeiro Cantarino Neto; o procurador-geral de Justiça, Eder Pontes; o capitão de mar-e-guerra Sílvio Fernando Ferreira; o comandante do 38º Batalhão de Infantaria, Carlos Alexandre de Oliveira Costa; o presidente eleito da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/ES), José Carlos Rizk Filho; e o conselheiro Rodrigo Chamoun, do Tribunal de Contas do Espírito Santo. 

Após a composição da mesa de honra, houve a cerimônia de entrada das bandeiras do Brasil e do Espírito Santo, acompanhada pela banda da Polícia Militar do Espírito Santo. A banda não executou os hinos nacional e estadual em respeito ao luto devido ao falecimento do ex-governador Gerson Camata, morto no último dia 26. 

Compromisso de posse 

Após o rito de introdução, os novos comandantes do Poder Executivo fizeram seu compromisso de posse. O juramento está previsto na Constituição Estadual e no Regimento Interno da Assembleia Legislativa: “Prometo manter, defender e cumprir as constituições federal e estadual, observar as leis e promover o bem geral do povo espírito-santense”. 

Depois do juramento, a deputada Raquel Lessa (Pros) fez a leitura do termo de posse, que foi assinado por Renato Casagrande e Jacqueline Moraes e pelos membros da Mesa Diretora. Com a assinatura do documento, o presidente Erick Musso declarou empossados os novos chefes do Executivo. 

Em seguida, o presidente da Assembleia Legislativa discursou da tribuna. Ele falou sobre a importância de os poderes estarem em consonância: “É como uma grande orquestra: os instrumentos são diferentes, mas as notas musicais precisam ser as mesmas”, comparou. 


Musso também elogiou “a capacidade de gestão e o equilíbrio” demonstrados por Casagrande quando foi governador do Estado (2011-2014) e salientou os principais desafios que o novo chefe do Executivo enfrentará: desemprego, dependência química e segurança pública. “Serão anos difíceis, a crise econômica ainda se exibe no horizonte, embora com menos musculatura”, destacou. 
À fala de Erick Musso seguiu-se o discurso de Renato Casagrande. O novo governador destacou que pretende fazer um governo transparente, inovador e com responsabilidade fiscal. 

Ao final da cerimônia, Erick Musso designou os deputados Dr. Hércules (MDB), José Esmeraldo (MDB), Pr. Marcos Mansur (PSDB), Raquel Lessa (Pros) e Sandro Locutor (Pros) para conduzirem a saída do governador e da vice-governadora do Plenário. Os dois seguiram para o Palácio Anchieta para a cerimônia de transmissão da faixa de governador.  
 

 

 

Comentários Facebook


Mais Política

Partido Verde repudia constrangimentos e agressões sofridas pelos membros do CONAMA

Vereador de Anchieta denuncia “aumentos abusivos” nas contas de energia elétrica, mas a EDP nega

Suicídio: aprovado projeto que estabelece mais assistência no SUS

Projeto de reestruturação da Câmara de Cachoeiro cria 15 cargos e reajusta salário de servidores

Concessionárias de energia serão ouvidas sobre tarifa social

Projeto que cria bonificação no Tribunal de Contas é barrado pelos deputados capixabas

Presidente da Câmara articula nova delegacia e conselhos interativos em Cachoeiro

Governadores debatem previdência, contrabando, segurança e combate à corrupção

Deputado capixaba quer maior rigor para aplicativos de entrega

Evair de Melo é indicado para atuar em cinco comissões permanentes

Governador participa de reuniões para garantir investimentos no ES

"Base está sendo construída", diz deputado Major Vitor Hugo

Manter investimentos com equilíbrio fiscal, garante Casagrande

Autoridades se unem e cobram solução para “Curva da Morte”

Capitão Assumção quer por fim à cobrança de taxas em escolas particulares

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web