Janeiro Roxo

Cachoeiro intensifica prevenção e combate à hanseníase

   Unidades de saúde terão palestras e avaliação clínica

Por | 18.12.2018

Neste mês, entre os dias 25 e 31, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro realizará ações do Janeiro Roxo, campanha nacional de combate à hanseníase. O objetivo é promover o diagnóstico precoce, o tratamento correto, além de difundir informações e desfazer preconceitos relacionados à doença. 

Além dos atendimentos rotineiros realizados pelo Programa Municipal de Controle da Hanseníase, profissionais de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município realizarão palestras e avaliação médica e de enfermagem em pacientes com suspeita da doença. 

“A hanseníase tem sintomas iniciais bem discretos. Muitas vezes são notados apenas quando a pessoa já apresenta uma perda sensitiva, por exemplo. O diagnóstico precoce é fundamental para prevenção de riscos e sequelas para o paciente, por isso é importante orientar quanto aos sintomas e prevenção”, frisa a secretária Municipal de Saúde, Luciara Botelho.

Hanseníase

A hanseníase é uma doença infecciosa causada por bactéria. A transmissão acontece de pessoas doentes sem tratamento para pessoas saudáveis, pelas vias aéreas, por meio da tosse, espirro ou fala.

Entre os sintomas, estão surgimento de caroços e placas em qualquer local do corpo e a diminuição da força muscular. Também surgem manchas esbranquiçadas ou avermelhadas na pele, podendo ter alteração da sensibilidade para calor, frio, dor e até mesmo o toque. Em algumas áreas, pode haver diminuição do suor e de pelos. Sensações de formigamento, fisgadas ou dormência nos pés e mãos são outros sinais.  

Diagnóstico e Tratamento

O diagnóstico precisa ser feito o quanto antes. Quanto mais cedo o tratamento for iniciado, menores são as agressões aos nervos e é possível evitar complicações. O paciente que inicia o tratamento não transmite a doença a familiares, amigos, colegas de trabalho ou escola.

O tratamento da hanseníase é simples. Em qualquer estágio da doença, o paciente recebe gratuitamente os medicamentos para ingestão via oral. Seguindo corretamente o tratamento que leva de seis meses a um ano, o paciente fica curado.

 Confira o cronograma das atividades nas UBS

Dia 25 – Palestra de prevenção e combate à Hanseníase e consulta médica

Coramara - 7h30 às 13h 
Amaral - 8h 
Recanto - 7h30

Dia 28 - Palestra de prevenção e combate à Hanseníase e consulta médica

Zumbi - 7h30 às 15h30 
Burarama - 7h30 às 13h 
Coutinho - 7h30 
Gironda - 10h 
Itaoca - 8h30

Dia 29 - Palestra de prevenção e combate à Hanseníase e consulta médica

Soturno - 7h30 às 11h30 e das 13h às 15h30 
Córrego dos Monos - 8h30 , com café da manhã.
Alto União - 8h30

Dia 30 - Palestra de prevenção e combate à Hanseníase e consulta médica

Gilson Carone - 8h e 13h 
Valão - 8h 
Vila Rica - 8h 
Aeroporto - 8h 
Novo Parque - 9h 
Conduru - 8h 
Otton Marins - 7h20 
São Vicente - 8h às 12h e de 13h às 15h

*Praça Jerônimo Monteiro - das 8h às 11h, panfletagem para esclarecimento da população sobre a doença e atendimento.

Dia 31 - Palestra de prevenção e combate à Hanseníase e consulta médica

Parque Laranjeira - 8h 
Aquidaban - 8h 
Independência – 8h às 11h 
Monte Verde - 13h às 16h 
IBC - 8h

 

 

Comentários Facebook


Mais Saúde

Unidade de saúde do BNH de Cima recebe serviços de manutenção

ONG pede à África do Sul que legalize prostituição para combater HIV

Cachoeiro recebe 1º Fórum Sul Capixaba de Saúde Corporativa

Estado amplia vacinação contra o sarampo para crianças de 6 a 11 meses que forem viajar

Extensão do Pronto Atendimento Infantil atendeu 1,4 mil em dois meses

Nova sede da ESF Cidade Nova é inaugurada em Marataízes

Membros da Unimed Federação Espírito Santo percorrem obras do novo Hospital Unimed

Aeroporto e Boa Vista recebem mutirão contra mosquito da dengue neste sábado

Obras no trevo de acesso ao novo Hospital Unimed vão garantir mais segurança no trânsito da região

Unimed Sul Capixaba inaugura unidade de atendimento em Iconha 

Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares

Governo do Estado entrega nove leitos de UTI no Hospital Padre Máximo, em Venda Nova do Imigrante

No Dia do Homem, endocrinologistas fazem campanha contra anabolizantes

Estudo mostra que adolescentes de faixas carentes estão mais obesos

Em reforma, Centro de Saúde de Cachoeiro mantém 300 atendimentos diários

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web