Home Geral

Perdeu a placa? Veja como solicitar a placa Mercosul

Desde o dia 10 de dezembro de 2018, estão em vigor no Estado as novas placas e não há mais fabricantes da placa anterior credenciados ao Detran|ES nem de lacres para fixação da placa.

Por | 11.02.2019

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) orienta que, em caso de perda da placa, não é mais possível substituir a placa pelo antigo modelo cinza. Donos de veículos que perderam as placas, seja por enchente em razão das chuvas na última quinta-feira (07) ou qualquer outro motivo, devem repor pelo novo modelo de placas Mercosul.

Desde o dia 10 de dezembro de 2018, estão em vigor no Estado as novas placas e não há mais fabricantes da placa anterior credenciados ao Detran|ES nem de lacres para fixação da placa.

Procedimento

Para repor a placa, aqueles proprietários de veículos com a placa cinza devem se dirigir à unidade do Detran|ES no município e solicitar o serviço de conversão de placa Mercosul. O valor da taxa do Detran|ES para o serviço e emissão de documento com a nova placa é de R$ 34.22. Após abertura do serviço e pagamento da taxa, o proprietário receberá um SMS com o código autorizador do emplacamento e deverá se dirigir com o veículo até uma empresa estampadora de placas credenciada ao Detran|ES para comprar e instalar a placa. Finalizado o procedimento, o interessado deverá retirar seu novo documento do veículo na Ciretran.

Caso o veículo já tenha placa no modelo Mercosul, basta ir até a unidade do Detran|ES para solicitar a autorização para confeccionar a placa de reposição e se dirigir à estampadora para compra e afixação da placa. Neste caso, não há cobrança de taxa do Detran|ES.

Para os dois serviços, o proprietário deve levar original e cópia do Certificado de Registro de Veículos (CRV), original e cópia de documento de identificação oficial com foto e comprovante de residência atualizado ou declaração de domicílio.

É importante, ainda, que o proprietário do veículo registre um Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia mais próxima ou de forma online no site delegaciaonline.sesp.es.gov.br. A medida é necessária para que ele se resguarde caso essa placa seja encontrada por outra pessoa e utilizada indevidamente.

Placa Mercosul

 Além da reposição de placa perdida, é necessário utilizar a placa Mercosul nos serviços de primeiro emplacamento e procedimentos de transferências, seja de propriedade ou domicílio, no caso de mudança de município e estado, além de alteração de categoria e troca de placas danificadas.

A lista de empresas aptas a atuarem como estampadoras de placas no Espírito Santo está disponível no site do Detran|ES, na área de serviços credenciados. Confira aqui as empresas Estampadora de Placas credenciadas.

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

Moradora de Muniz Freire que teve casa invadida por água de esgoto deve ser indenizada

Reforma da Previdência: veja os principais pontos

Queda de duas torres deixou Castelo, Iuna, Venda Nova do Imigrante e Muniz Freire sem luz

Mais de 90 veículos serão leiloados pela Seger neste sábado (23)

Obras para recuperação de rua no bairro Coramara são autorizadas

Paulista bate recorde por ter os olhos esbugalhados

Prefeitura de Venda Nova do Imigrante encontra 42 focos de dengue só neste ano

Seis municípios da região Sul no centro da ação da Polícia Federal

PF prende presidente da CNI, Robson Andrade

Mulher acusada de suposto relacionamento extraconjugal deve ser indenizada

Governador anuncia instalação de usina solar na região norte do Estado

Reforma da Previdência será enviada ao Congresso na quarta

Secretaria de Agricultura de Cachoeiro leva água a áreas rurais que sofrem com seca

Revitalização de praça destaca antigo viradouro ferroviário

Sem regra rígida para consignado, bancos mantêm assédio a idosos

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web