Home Agronegócio

Cafés de produtores de Castelo são vendidos por até R$ 6 mil

O município de Castelo se destacou com 5 produtores

Por | 25.02.2019

Em evento realizado no dia 21 de fevereiro, em Alto Caparaó, MG pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Apex Brasil, classificou amostras de cafés especiais de várias regiões.

O município de Castelo se destacou com 5 produtores entre amostras classificadas dos estados de Minas Gerais, Bahia e Espirito Santo.

Os micros lotes de 20 quilos de café com colheita tardia com classificação mínima de 88 pontos classificados foram arrematados no leilão por até R$ 6.000,00, os produtores que representaram o município de Castelo são: Abner Dalvi Tomazini – Sítio Bateia (Tomazini Filho), Eduardo Vettorazzi Tozi –Sítio Floresta, Genésio Tomaz Tomazini – Sítio Bateia Genésio Tomazini, Maria da Penha Dalvi Tomazini –Sitio Bateia (Familia Tomazini), Valdeir Dalcin Tomazin – Sítio Bateia (Tomazini) região Montanhas do Espírito Santo.

Segundo o Secretário Municipal de Agricultura, Victor Emanuel Schettino. “Todo esse resultado positivo para o município de Castelo é graça ao empenho e o trabalho dos produtores de cafés especiais e o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura que através da Sala de Classificação de Cafés coordenada pelo servidor Dimas Sasso Christo acompanharam os produtores no evento. Parabenizamos a todos pelas conquistas e bons negócios efetuados”.

 

 

Comentários Facebook


Mais Agronegócio

Desempenho da Agricultura alavanca crescimento do PIB capixaba

Abate de suínos fecha 2018 com recorde

Castelo recebe equipamentos para auxiliar produtores de café

Cachoeiro quer expandir venda de produtos agroindustriais no ES

Cafés de produtores de Castelo são vendidos por até R$ 6 mil

Tíquete-feira injetou R$ 3,5 milhões na agricultura de Cachoeiro

ExpoSul firma parcerias para realização da terceira edição

Garantia de renda para o cafeicultor é tema de encontro no Ministério da Agricultura

Espírito Santo registra a maior produtividade da história em café arábica e conilon

Cafeicultores querem acordo com UE para expandir mercado

Maior feira brasileira de turismo rural será realizada no Espírito Santo

Milho Imperador: a primeira variedade para produção orgânica do Espírito Santo

Governador sanciona Lei de Produção Agroecológica e Orgânica e entrega veículos

Castanha da Sapucaia é vendida por R$ 80 o quilo no ES

Produtor rural do ES inaugura agroindústria de café com apoio do Senar

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web