Home Geral

Clientes da EDP no ES poderão negociar dívidas e realizar cadastro da Tarifa Social 

Campanha de negociação acontece até 22 de março; negociações podem ser feitas em todas as agências da EDP, Central de Atendimento e no site da Empresa

Por | 14.03.2019

A partir desta quinta-feira (14), a EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, vai disponibilizar para os seus clientes, condições especiais para a negociação de dívidas. Os interessados devem procurar a agência mais próxima no seu município, ou acessar o site da empresa, www.edponline.com.br, ou pela central de atendimento pelo número 0800 721 0707. A campanha de negociação de débitos acontece até o dia 22/03.  

 Clientes da EDP com débitos em aberto, que procurarem um dos canais de atendimento da distribuidora, terão condições especiais para quitar seus débitos, evitando assim uma possível suspensão do fornecimento e restrição ao crédito.

"Estamos à disposição dos nossos clientes para auxiliá-los com possibilidades diversificadas de negociação, através de condições personalizadas podendo chegar a isenção de juros e correção monetária, e dependendo do caso, desconto de parte da dívida", ressalta Afonso Celso Ferreira, gestor executivo da EDP.   A iniciativa proporciona, até mesmo, a regularização da situação de clientes que estão fora do sistema da distribuidora, como os ligados clandestinamente.   

 

Tarifa Social

Durante o evento, a EDP cadastrará clientes na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), o benefício garante um desconto de até 65% na fatura de energia. Para ter direito ao desconto, o familiar precisa estar com o Número de Identificação Social (NIS) ativo no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). A EDP orienta que os consumidores com direito ao benefício e que não possuem o NIS, procurem os CRAS dos municípios para realizarem o cadastro.

 

A Tarifa Social é um desconto na conta de luz concedido para os primeiros 220 kWh consumidos mensalmente por clientes residenciais classificados como de baixa renda e varia de acordo com a faixa de consumo mensal (kWh/mês). “É importante frisar que a Tarifa Social é muito vantajosa para quem utiliza a energia de forma eficiente, pois quanto menor o consumo, maior o desconto”, explica Afonso.

 

Sobre o desconto

O benefício é aplicado somente a uma unidade consumidora por família e é escalonado por faixa de consumo, sendo calculado de modo acumulativo, conforme a tabela abaixo:

 

Faixa de Consumo

Desconto

Até 30 kWh/mês

65%

De 31 a 100 kWh/mês

40%

De 101 a 220 kWh/mês

10%

Acima de 220 kWh/mês

Não há desconto

 

Documentos necessários para realizar o cadastramento:

§  Número de Identificação Social (NIS) e Número do Código Familiar (COD FAM) – obtido na prefeitura municipal por meio do CRAS;

§  Conta de energia;

§  CPF (Cadastro de Pessoa Física) e Carteira de Identidade (ou outro documento de identificação social com foto) ou apenas Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI);

§  Contrato de aluguel, no caso de se enquadrar como inquilino do imóvel;

§  Informar se a família é indígena ou quilombola, ou se há integrante na família que receba o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC). Nesse caso, é preciso informar o Número do Benefício (NB);

§  Para o caso família inscrita no Cadastro Único com renda mensal de até 3 (três) salários mínimos, que tenha portador de doença ou deficiência cujo tratamento, procedimento médico ou terapêutico requeira o uso continuado de equipamentos que, para o seu funcionamento, demandem consumo de energia elétrica, apresentar o relatório e atestado subscrito por profissional médico;

 

Quem pode receber o benefício

§  Família inscrita no CadÚnico para Programas Sociais do Governo Federal, com renda familiar mensal per capita comprovadamente menor ou igual a meio salário mínimo nacional;

§  Idosos com 65 (sessenta e cinco) anos ou mais e pessoas com deficiência que recebam o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC;

§  Família inscrita no CadÚnico com renda mensal de até 3 (três) salários mínimos, que tenha portador de doença ou patologia cujo tratamento ou procedimento médico requeira uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que dependam do consumo de energia elétrica;

§  Famílias indígenas ou quilombolas com inscrição no CadÚnico terão 100% de desconto nos primeiros 50 kWh/mês consumidos (as demais faixas de consumo terão os mesmos percentuais de desconto acima).

§  Para receber o benefício, o endereço da família que consta no Cadastro Único ou no cadastro de beneficiários do BPC deve estar localizado na área de concessão da distribuidora;

 

Mais informações

§  Cada família tem direito a somente uma instalação com o benefício da Tarifa Social;

§  Em casos de mudança de endereço, os clientes cadastrados deverão informar a EDP Espírito Santo, que fará as devidas alterações. A não atualização do endereço também pode resultar na perda do desconto.

§  A atualização do CadÚnico passa a garantir ao consumidor a manutenção do desconto na conta de luz, e deve ser feita nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) do município. O cadastro tem validade de dois anos e deve ser sempre atualizado.

§  Em caso de dúvidas, a Ceonssionária orienta a entrar em contato pela EDP Online, www.edponline.com.br, pelo aplicativo EDP – por meio do chat -, Central de Atendimento ao Cliente, por meio do 0800 721 0707, que funciona 24 horas e com ligação gratuita ou em uma das agências de atendimento presencial.

Negociação sem sair de casa

A realização de acordos pela internet já é uma realidade para a Empresa. No portal EDP Online, www.edponline.com.br, ou pelo aplicativo EDP Online, disponível para todas as plataformas de smartphone ou tablets, o cliente pode ver as opções de negociação e optar pela mais conveniente para quitar os débitos em aberto. Basta ter em mãos o número de instalação e o CPF do titular da fatura.

Para facilitar ainda mais o contato do cliente para a regularização de suas pendências, a empresa disponibiliza um contato por meio da Central de Atendimento por telefone e, neste caso, a Distribuidora orienta que o contato seja feito pelo titular da conta de energia, e que o mesmo informe o número de instalação e seus dados pessoais (RG e CPF). A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, pelo número 0800 721 0707.  

Os acordos também podem ser realizados nas agências de atendimento presencial de cada município. Os endereços de cada unidade podem ser conferidos no portal EDP Online, na internet.

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

Júri popular de Piúma condena a 38 anos de reclusão homem que matou a ex-companheira

Governo anuncia investimentos, gestão integrada e planos para os rios do Espírito Santo

Pontes de Burarama, São Vicente e Itaoca serão duplicadas e revitalizadas

Cinco ex-governadores do Rio foram presos nos últimos três anos

Esperada há anos, Unidade Frigorífica de Guaçuí começa funcionar

ExpoSul Rural 2019: inscrições abertas para talk show sobre agroindústrias

Governo do Estado destina R$ 51 milhões para os munícípios

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos

A cada 60 minutos, uma criança ou adolescente morre por arma de fogo

Cachoeiro promoveu primeira audiência pública para revisão do PDM

Falta saneamento básico para 2 bilhões de pessoas no mundo

Justiça de Venda Nova do Imigrante diz que homem que teve celular danificado após contato com a chuva deve receber novo aparelho da empresa

Lava Jato completa cinco anos com 155 pessoas condenadas

Governo do Estado assina convênio para recuperação da orla de Piúma

Estado registra aumento no número de ocupados e tem média superior a nacional

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web