Home Política

Deputado capixaba quer maior rigor para aplicativos de entrega

Proposta obriga que serviços identifiquem entregador no ato de compra do produto

Por | 15.03.2019

Por Redação Web Ales, com a contribuição de Matheus Nobre 

Foto: Tati Beling

Nos últimos anos, os aplicativos de entrega promoveram uma mudança no mercado brasileiro. Ciente da presença deste setor no cotidiano da população capixaba, foi protocolado o Projeto de Lei (PL) 78/2019, de autoria do deputado Capitão Assumção (PSL).

A matéria obriga a identificação prévia do profissional responsável pela entrega, tanto para serviços que atuam exclusivamente em plataformas digitais quanto para os demais modalidades de entrega.

A identificação prevista na virtual lei inclui nome completo, CPF, número do celular e foto do entregador, informações que deverão ser fornecidas posteriormente à confirmação do pedido e antes da realização da entrega.

O descumprimento da ordem resultará em advertência, no primeiro momento, e multa a partir da segunda autuação que varia entre 200 e 3 milhões Valores de Referência do Tesouro Estadual (VRTEs) – correspondente hoje a R$ 684,34 e R$ 10.265,100, respectivamente. Se houver reincidência a multa será dobrada.

Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) publicada neste mês, o crescimento do número de pedidos via aplicativo gira em torno de R$ 1 bilhão a cada mês e a estimativa é que o segmento movimente R$ 11 bilhões anualmente.

“Atualmente o consumidor do serviço de entrega de comida por aplicativo não possui informações básicas para identificar o profissional envolvido na entrega, o que impossibilita o contato por parte do próprio consumidor”, salientou o deputado em sua justificativa. Para Assumção, a medida legislativa visa coibir atos de maus profissionais da área de entrega de comida.

Tramitação

As comissões de Justiça, Defesa do Consumidor, Ciência e Tecnologia e Finanças darão parecer sobre a matéria.

 

 

Comentários Facebook


Mais Política

Casagrande participa de encontro do Cosud no Rio Grande do Sul

Depois de 33 anos, Dr. Adail está deixando o MDB de Cachoeiro

Quase a metade dos internos do Iases não estuda

Projeto de Gandini cria novas regras para taxa de conveniência

Prefeitura de Itapemirim é denunciada no TCE-ES por suspeita de direcionamento na licitação de transporte coletivo/escolar

Deputados derrubam cinco vetos governamentais

Ministério Público apresenta a primeira denúncia contra investigados na Operação Rubi

Dorlei nomeia secretárias de Fazenda e Assistência Social em Presidente Kennedy

Tininho define aumento no tícket alimentação de Marataízes para R$ 800

Sete pessoas são presas suspeitas de fraudar licitações na Prefeitura e Câmara de Guaçuí

Na Assembleia, prefeito fala sobre área de risco em Rio Novo do Sul

Em nota oficial, Dorlei Fontão reforça discurso de trabalhar em harmonia com as instituições do ES

Bolsonaro disse que fez compromisso com Moro para indicá-lo ao STF

Dorlei Fontão deve escolher três novos secretários para Presidente Kennedy

Erimar Lesqueves é o novo presidente da Câmara Municipal de Marataízes

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web