Home Geral

Cachoeiro abre inscrições para candidatos a conselheiros tutelares

O conselheiro tutelar atua na defesa dos direitos das crianças e adolescentes

Por | 10.04.2019

O Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (Consemca) de Cachoeiro abre, nesta quarta-feira (10), o período de inscrições para quem quer concorrer aos cargos de conselheiros tutelares do município. Até 10 de maio, os interessados devem formalizar a candidatura na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), na Ilha da Luz, das 14h às 17h.

Para se candidatar, é preciso ter reconhecida idoneidade moral; mais de 21 anos; residir no município há, pelo menos, um ano; estar em dia com as obrigações eleitorais, no gozo dos direitos políticos bem como com obrigações militares; não ter sido penalizado com a destituição da função de membro do Conselho Tutelar, nos últimos cinco anos; ter experiência na promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente; ter formação específica sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente; e ter concluído o Ensino Fundamental.

Os conselheiros tutelares serão eleitos pelo voto facultativo dos eleitores do município, em eleição que será realizada no dia 6 de outubro. A presidente do Consemca, Claudinéia Soares Debona, ressalta que esse processo de escolha tem grande importância, pois os Conselhos Tutelares são órgãos encarregados de zelar pelos direitos da criança e dos adolescentes.

“Os conselheiros são escolhidos pela população para um mandato de quatro anos e cabe a eles, agindo de forma colegiada, o exercício das atribuições contidas no Estatuto da Criança e do Adolescente”, explica.

Documentos para inscrição

No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos: ficha do candidato preenchida; cópia da certidão de nascimento ou casamento; cópia do título de eleitor e quitação com obrigação eleitoral; comprovante de escolaridade; cédula de identidade e/ou CNH e CTPS; documento que comprove residência no município; Certidão de Cadastro Nacional por Atos de Improbidade Administrativa e Inelegibilidade; foto 3x4, recente; declaração e/ou certificado que comprove experiência na promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente; declaração e/ou certificado que comprove formação específica sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA.

Os candidatos que tiverem suas inscrições deferidas ainda serão submetidos, no dia 18 de julho, a uma prova de caráter eliminatório sobre o ECA. 

O edital com todas as informações sobre o processo de escolha dos conselheiros tutelares será publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial do Município (www.cachoeiro.es.gov.br/diario). As regras também podem ser conferidas na edição desta terça-feira (9).

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 125 milhões na quarta-feira

Casagrande participa de audiência pública sobre PPA 2020-2023 no sul do Estado

Estado vai investir R$ 15 milhões em obras de pavimentação em Vargem Alta

108 anos da Assembleia de Deus são comemorados na Assembleia Legislativa

Ipea: homicídios de mulheres cresceram acima da média nacional

Especialista fala sobre segurança na internet

Planalto: projeto de lei que muda CNH deve ser apresentado nesta terça

Justiça capixaba começa liberar precatórios que  somam cerca de R$ 70 milhões

Maior problema da AL não é mais a fome, mas a obesidade, diz FAO

Bolsonaro pretende dobrar pontos para suspensão de CNH

Cadastramento para linha de Conduru começa nesta quinta

Estado assina termo para instalação da APAC de Cachoeiro de Itapemirim

Maio Amarelo: simulador atesta eficácia do cinto de segurança

Justiça capixaba nega indenização a paciente que ficou com pedaço de agulha no braço após cirurgia

Statkraft Energias Renováveis já trabalha para estruturar seu programa de recuperação de área degradada

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web