Home Saúde

Secretário do Espírito Santo é eleito para conselho nacional de Saúde

O secretário do Espírito Santo destacou a importância da representação do Estado na diretoria do conselho

Por | 26.04.2019

O secretário de Estado da Saúde do Espírito Santo, Nésio Medeiros, foi eleito como vice-presidente para a região Sudeste da diretoria do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) para a gestão 2019-2020.

O grupo tomou posse na noite desta terça-feira (23), em Brasília, na sede da Opas/OMS, em cerimônia com as presenças da diretora geral da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS), Carisse Etienne, e autoridades como ministros, senadores, deputados e ex-ministros da saúde.

O secretário do Espírito Santo destacou a importância da representação do Estado na diretoria do conselho, apontou a oportunidade como um grande desafio e ressaltou que a participação ajuda a fortalecer o relacionamento do Estado com o Ministério da Saúde.

“O Conass é um espaço importante de articulação de todas as decisões que envolvem questões tripartite entre municípios, estados e a própria união. Eu entendo que o Espírito Santo tem uma trajetória importante de contribuição no sistema público de saúde no Brasil e também pode se constituir um importante laboratório de inovações e apresentar saídas e caminhos para aqueles que gerem a saúde pública do país”, disse.

Nésio Medeiros falou também sobre a regionalização da saúde e o processo de fortalecimento deste modelo. “Entendo que a posse da nova diretoria vem com um desafio gigantesco de poder fortalecer a relação com o Ministério, encontrar saídas para os municípios e fortalecer a regionalização e a municipalização”, declarou.

 

Presidente

Em seu discurso de posse, o presidente eleito, secretário de Estado da Saúde do Pará, Alberto Beltrame, fez uma análise da sua trajetória na saúde pública, destacando sua participação na formação e implantação do Sistema Único de Saúde (SUS) no país quando, entre os anos de 1986 e 1990 foi superintendente Regional do extinto Inamps no Rio Grande do Sul.

“Vi nascer todas as instâncias colegiadas do SUS, como o Conass, o Conasems e o Conselho Nacional de Saúde e tive a felicidade de poder participar em diversos governos, da construção desse sistema”, disse.

 

Diretoria 2019-2020

A diretoria, eleita na assembleia ordinária do conselho no mês de março, é composta por um presidente, cinco vice-presidentes (um para cada região), além da Comissão Fiscal e de representantes do Conass na Hemobrás, na Agência Nacional de Saúde Suplementar e no Conselho Consultivo da Anvisa.

De acordo com o Estatuto do Conselho, cabe aos gestores estaduais que compõem a diretoria representar o Conass nas reuniões da Comissão Intergestores Tripartite (CIT). Compete também “a representação política, a supervisão das demais instâncias e a administração do Conass, assim como o exercício pleno de suas competências no período de início de mandato dos governos estaduais, garantindo a transição para a próxima diretoria eleita, independentemente dos seus membros estarem no exercício do cargo de secretário”.

 

 

Comentários Facebook


Mais Saúde

Chuva e calor intensos mantêm o Espírito Santo em alerta contra a dengue

Novo hospital Unimed Sul já tem 35% da obra executada

Gestores de Recursos Humanos e lideranças da região sul  conhecem boas práticas da Unimed Sul Capixaba

No ES, mais três pessoas ganham nova chance após doação de órgãos

MP pede investigação de 22 mortes no setor de hemodiálise da Santa Casa de Guaçuí

Vacinação contra gripe já alcança 79% do público-alvo em Cachoeiro

Dia D de combate ao Aedes é programado para o fim deste mês

Gripe já matou 99 pessoas no Brasil; vacinação segue até 31 de maio

Prefeito de Cachoeiro anuncia maior unidade de saúde do Sul do Estado

Mais de 27 mil já receberam vacina contra a gripe em Cachoeiro

Serviços de saúde de Cachoeiro darão suporte na formação de profissionais da área

Dia D contra gripe vai acontecer neste sábado em Venda Nova do Imigrante

Dia D da vacinação contra a gripe será no próximo sábado (4)

ONU: uso excessivo de remédios pode matar 10 milhões ao ano até 2050

Farmácia Central de Cachoeiro mudará de endereço

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web