Pedro Paulo Biccas Jr. homenageia Beth Carvalho

A andança não chegou ao fim. O show vai continuar

Mas o pranto em Mangueira é mesmo tão diferente. Nesta noite um vazio em vez do apito, ecoa barulhento e dolorosamente na quadra do Palácio do Samba.

Por | 01.05.2019

Um dos maiores legados de Beth Carvalho foi, sem duvida, a vida e obra de Angenor de Oliveira, o Cartola.

Angenor tinha uma sinestesia tão ímpar quanto a poesia, que não continha-a em si mesmo, criando assim a Estação Primeira de Mangueira, cuja madrinha de títulos vitalícios não poderia ser outra, se não, a própria Beth.

Neste legado de Beth está o mais puro sentimento que se tem sobre uma despedida. Esculpida na letra de Pranto de Poeta, que diz: "Em Mangueira,quando morre um poeta,todos choram...". Cartola prenunciava o tom da voz de Beth em sua despedida.

Mas o pranto em Mangueira é mesmo tão diferente. Nesta noite um vazio em vez do apito, ecoa barulhento e dolorosamente na quadra do Palácio do Samba.

Elizabeth Santos Leal de Carvalho, fez sua andança pro andar de cima. Por tanto tempo, Cumadre Beth resistiu que ainda não acredito que ela, enfim,se despediu.

Nessa batucada elíptica em vez de circular, o ciclo dos tamborins repicam nas despedidas  das saudades até o bumbo dos reencontros. 

Se outrora Beth se despediu do afilhado Angenor, cantando o refrão que ele mesmo escrevera em Pranto de Poeta. Hoje, as palavras que consigo encontrar, para melhor despedir de minha Cumadre, são os versos de outro aluno seu, Roberto Ribeiro.

Pau no bandolim...

"Mesmo com o palco apagado, Apoteose é o infinito, Continua estrela Brilhando no céu".

Pedro Paulo Biccas Jr.

Jornalista e Filósofo | Especialista em Markting Político

Registro Profissional 0003813/ES

28 999254522

 

 

 

Comentários Facebook


Mais Artigos

Victor Coelho, o aluno nota A

Registro de filhos fruto de relação extraconjugal

Análise 2020 – Câmara de Itapemirim

Impacto digital - Jornalista comenta o fim do jornal diário A Gazeta

O que muda em relação ao trabalho aos domingos e feriados

Quanto custa um feriado?

A bossa eternizada

Neném, o comendador do povo de Cachoeiro

É possível cometer um crime e não ser condenado?

Onde tem indústria forte, tem desenvolvimento

Vai viajar com seu filho? Saiba o que você precisa

A andança não chegou ao fim. O show vai continuar

Renova Marataízes, pero no mucho

A marvada histórica

Estado de novo presente

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web