Radiologista e diretor-presidente da Usimed

Dr. Bruno Beber Machado lança livro durante Jornada Paulista de Radiologia

Nessa entrevista Dr. Bruno conta como foi o processo de produção, os principais pontos abordados, a importância da obra para a comunidade científica e a expectativa para o lançamento.

Por Ilauro Oliveira | 03.05.2019

Foto e informações: assessoria de Comunicação Unimed Sul Capixaba

O cooperado da Unimed Sul Capixaba e presidente da Usimed, Dr. Bruno Beber Machado, está em São Paulo, até o próximo dia 5, para a tradicional Jornada Paulista de Radiologia, maior evento da América Latina.

Durante esses dias, ele lança a segunda edição do livro "Joint Imaging in Childhood and Adolescence", escrito em inglês em parceria com os médicos de Brasília, Dr. Sergio Lopes Viana (radiologista) e Dra. Maria Custódia Machado Ribeiro (reumatologista).  

Nessa entrevista Dr. Bruno conta como foi o processo de produção, os principais pontos abordados, a importância da obra para a comunidade científica e a expectativa para o lançamento. Segue:

Como foi o processo de pesquisa e elaboração do livro "Joint Imaging in Childhood and Adolescence"?

 Fui convidado para participar do livro ‘Joint Imaging in Childhood and Adolescence’ em 2012, pelo Dr. Sérgio Viana, idealizador e primeiro autor da obra, um importante radiologista de Brasília. Inicialmente, a obra seria lançada apenas em Português, mas após a negociação com a Springer Internacional, o livro, em 2013, acabou sendo publicado exclusivamente em inglês. 

Quais são os principais pontos abordados pela publicação? Quanto tempo durou o processo de criação?

O livro se concentra no estudo por imagem das articulações e das doenças que afetam o sistema locomotor das crianças e dos adolescentes, poucas obras similares na literatura médica mundial. A elaboração da primeira edição foi um pouco mais demorada que a segunda, durando cerca de dois anos. Quando eu entrei no projeto, ele já havia sido estruturado e começado, contudo, idealizado inteiramente para o mercado nacional. Com a assinatura com a Springer Internacional, tivemos que passar tudo para o inglês e seguir os padrões de qualidade deles.

Para esta segunda edição, houve atualização de conteúdo em relação à primeira?

A segunda edição foi uma necessidade explicitada pela própria editora, já que o livro foi muito bem em vendas e em citações no meio acadêmico. A última edição está totalmente atualizada e muito mais ilustrada que a primeira, já que a nossa casuística somada é bastante vasta.

Qual é a importância deste livro para as especialidades médicas para as quais ele é direcionado e a comunidade científica de forma geral?

O livro é muito específico e aborda uma área muito pouco explorada e estudada, ou seja, ele traz uma gama de conhecimento atualizado e muito bem ilustrado, sendo útil não só para radiologistas, mas também para pediatras, reumatologistas, ortopedistas e outras especialidades afins. 

Como foi a parceria com os médicos Maria Custódia Machado Ribeiro e Sergio Lopes Viana nessa produção? Vocês já haviam trabalhado juntos em algum outro projeto?

O Dr. Sérgio é o idealizador e o principal autor do livro. Ele é um escritor voraz e já participou de muitas outras obras. A Dra. Custódia é uma reumatologista pediátrica de renome em Brasília. Até 2012, nós nunca havíamos trabalhado juntos. Nosso encontro se deu em função de um amigo em comum, também radiologista. Sou grato aos dois pela parceria e oportunidade. 

O livro será lançado em primeira mão na 49ª Jornada Paulista de Radiologia, um dos principais eventos na área na América Latina. Qual é a expectativa para este lançamento?

Confesso que, com a aproximação do evento, começo a sentir um ‘frio na barriga’, já que é uma situação inusitada e primeira na minha vida profissional. Acredito que tudo acontecerá a contento e que a segunda edição terá uma receptividade ainda maior pela comunidade científica.

  Há alguma perspectiva de apresentação da obra em outros estados ou na cidade de Cachoeiro de Itapemirim?

Esperamos que sim, mas sabemos que o mercado nacional, tanto editorial como o de comércio de livros, anda enfraquecido pela crise que ainda estamos passando.

Como tem sido a sua trajetória em estudo e pesquisa? Atualmente, o senhor tem se dedicado a alguma pesquisa em particular?

Estudo e me dedico todos os dias, já que além de minha profissão, a Radiologia Musculoesquelética, é uma paixão. O médico, especialmente o radiologista, é um eterno aprendiz e nunca pode parar de se atualizar.

Atualmente, também tenho me dedicado ao aprendizado do cooperativismo, participando ativamente da nossa cooperativa, a Unimed Sul Capixaba, e, desde janeiro, como integrante da administração da Usimed Sul Capixaba, a nossa cooperativa de consumo. Um assunto desafiador e excitante, já que o cooperativismo está no cerne do ser humano. Cooperar é dialogar.

Enfim, sou casado e tenho três filhos pequenos em casa. O mais velho, com 4 anos, e as gêmeas, com 1 ano e nove meses, por isso, o meu próximo projeto e mais caro é ficar o maior tempo possível ao lado deles.

 

 

Comentários Facebook


Mais Entrevistas

A viagem da família Mucelini em busca de novos mercados

Damares Alves: abuso não se justifica nem se explica, se pune

Informação nunca é excessiva, diz sociólogo italiano

Dr. Bruno Beber Machado lança livro durante Jornada Paulista de Radiologia

Governo exigirá cadastro de famílias que optem por ensino domiciliar

"Nós vamos, também, reivindicar muita coisa para a Polícia Civil”, diz Danilo Bahiense

"Além de segurança vamos buscar fortalecer a educação", diz Alexandre Quintino

“Prender pune a pessoa, mas favorece as facções”, diz especialista

Ministro fala dos seus projetos

“O primeiro é manter o Estado organizado, as contas em dia”, diz Dr. Emílio Mameri

CONFIRMADO ! Entrevista exclusiva e ao VIVO com Dr. Cesar Nemer .

Financiamento ainda é o principal desafio da ciência no Brasil, diz Helena Nader

Ferraço: Brics deve se posicionar sobre temas como subsídios agrícolas para garantir protagonismo

Triatleta paralímpico palestra em Cachoeiro na terça. Confira a entrevista

Em entrevista, Aécio Neves defende prévias no PSDB. Leia na íntegra

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web