Home Política

Termina hoje prazo para eleitor faltoso evitar cancelamento de título

É preciso pagar as multas pelas ausências e ir a um cartório eleitoral

Por | 06.05.2019

Fonte: Agência Brasil  

Termina nesta segunda-feira (6) o prazo para os eleitores faltosos nas últimas três votações evitarem o cancelamento do título.

Para isso, é preciso pagar as multas referentes às ausências, bem como comparecer a um cartório eleitoral para apresentar, além do título, um documento com foto e um comprovante de residência.

O processo pode ser iniciado pela internet, no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para somar as três faltas, são contados também os turnos de votação. São consideradas ainda as eleições suplementares, convocadas quando o pleito oficial é anulado devido a irregularidades.

Caso esteja em dúvida sobre sua situação, o eleitor também pode consultar o site do TSE.

Segundo informações do TSE, mais de 2,6 milhões de pessoas podem ter o título cancelado caso não resolvam a pendência. Desse total, apenas 93.702 regularizaram a situação desde o início do prazo, no início de março.

O cancelamento do título pode acarretar uma série de problemas. A pessoa fica, por exemplo, impedida de obter passaporte e carteira de identidade, de receber salário de função ou emprego público e de participar de concorrência pública ou administrativa estatal.

O faltoso fica ainda impossibilitado de obter empréstimos em instituições públicas, de se matricular em instituições de ensino e de ser nomeado em concurso público.

Não terão os títulos cancelados aqueles que não são obrigados a votar, sendo seu comparecimento às urnas facultativo, como as pessoas entre 16 e 18 anos e acima de 70 anos. Também não estão sujeitos à medida os portadores de deficiência a quem seja impossível ou extremamente oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais.

Os números dos títulos cancelados começarão a ser divulgados em 24 de maio.

 

 

Comentários Facebook


Mais Política

Casagrande participa de encontro do Cosud no Rio Grande do Sul

Depois de 33 anos, Dr. Adail está deixando o MDB de Cachoeiro

Quase a metade dos internos do Iases não estuda

Projeto de Gandini cria novas regras para taxa de conveniência

Prefeitura de Itapemirim é denunciada no TCE-ES por suspeita de direcionamento na licitação de transporte coletivo/escolar

Deputados derrubam cinco vetos governamentais

Ministério Público apresenta a primeira denúncia contra investigados na Operação Rubi

Dorlei nomeia secretárias de Fazenda e Assistência Social em Presidente Kennedy

Tininho define aumento no tícket alimentação de Marataízes para R$ 800

Sete pessoas são presas suspeitas de fraudar licitações na Prefeitura e Câmara de Guaçuí

Na Assembleia, prefeito fala sobre área de risco em Rio Novo do Sul

Em nota oficial, Dorlei Fontão reforça discurso de trabalhar em harmonia com as instituições do ES

Bolsonaro disse que fez compromisso com Moro para indicá-lo ao STF

Dorlei Fontão deve escolher três novos secretários para Presidente Kennedy

Erimar Lesqueves é o novo presidente da Câmara Municipal de Marataízes

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web