Home Política

Câmara de Cachoeiro não tem previsão para votar plano de cargos dos servidores

Os projetos foram entregues à Câmara na sessão da última terça-feira (30) e serão lidos hoje (07) pela Mesa Diretora.

Por | 07.05.2019

Ainda não tem data prevista a votação de nenhum dos nove projetos de lei que criam novos planos de cargos para os servidores municipais e promovem outras alterações na carreira do funcionalismo. Isso é o que garante o presidente da Câmara de Cachoeiro, presidente Alexon Soares (PROS). “São matérias que precisam de muito estudo e discussão”, diz ele.

Os projetos foram entregues à Câmara na sessão da última terça-feira (30) e serão lidos hoje (07) pela Mesa Diretora. Após a leitura, serão encaminhados para a Procuradoria da Casa, que precisará avaliar as bases legais, doutrinárias e jurisprudenciais de cada projeto, e emitir um parecer jurídico sobre cada um.

Em seguida, será a vez de a Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Câmara estudar os projetos e emitir seus pareceres, além de apresentar emendas para alterar os pontos que considerar necessários. Somente após todo este trâmite, os projetos poderão começar a ser discutidos pelos vereadores em plenário, e seguir para avaliação das demais comissões permanentes da Câmara.

Alexon acredita que levará pelo menos um mês para que alguns dos projetos comecem a ser votados, sendo que outros certamente irão permanecer muito mais tempo na casa, até irem a plenário. Segundo ele, nos próximos dias será formada uma comissão com representantes de servidores de vários órgãos e carreiras para que, juntamente com os vereadores, possam debater as alterações propostas pelo Poder Executivo.

“Este é um processo demorado, já que temos nove projetos complexos, que mexem diretamente com a vida de três mil famílias. Ao receber os projetos, a Câmara anunciou que seria cuidadosa e transparente, e a sociedade pode estar certa de que este compromisso será cumprido”, afirmou o presidente.

 

 

Comentários Facebook


Mais Política

Casagrande participa de encontro do Cosud no Rio Grande do Sul

Depois de 33 anos, Dr. Adail está deixando o MDB de Cachoeiro

Quase a metade dos internos do Iases não estuda

Projeto de Gandini cria novas regras para taxa de conveniência

Prefeitura de Itapemirim é denunciada no TCE-ES por suspeita de direcionamento na licitação de transporte coletivo/escolar

Deputados derrubam cinco vetos governamentais

Ministério Público apresenta a primeira denúncia contra investigados na Operação Rubi

Dorlei nomeia secretárias de Fazenda e Assistência Social em Presidente Kennedy

Tininho define aumento no tícket alimentação de Marataízes para R$ 800

Sete pessoas são presas suspeitas de fraudar licitações na Prefeitura e Câmara de Guaçuí

Na Assembleia, prefeito fala sobre área de risco em Rio Novo do Sul

Em nota oficial, Dorlei Fontão reforça discurso de trabalhar em harmonia com as instituições do ES

Bolsonaro disse que fez compromisso com Moro para indicá-lo ao STF

Dorlei Fontão deve escolher três novos secretários para Presidente Kennedy

Erimar Lesqueves é o novo presidente da Câmara Municipal de Marataízes

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web