Pesquisa Confederação Nacional da Indústria

Pesquisa aponta que 59% dos brasileiros apoiam mudanças na Previdência

CNI/Ibope revela ainda que não estão bem-informados sobre proposta

Por | 08.05.2019

Agência Brasil  

Foto: Marcelo Camargo/AB

Pesquisa divulgada hoje (8) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que 59% dos entrevistados reconhecem que é preciso reformar a Previdência, e que 72% concordam que deve ser estabelecida uma idade mínima para a aposentadoria.

Embora a maioria dos entrevistados concorde com a adoção de uma idade mínima, é grande a parcela dos que defendem aposentadoria em idades muito baixas. Para 80% das pessoas ouvidas, a aposentadoria deveria ocorrer com 60 anos ou menos. Os que acreditam que a aposentadoria deveria ocorrer a partir dos 61 anos são 19%.

A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira – Reforma da Previdência mostra que apesar de mais da metade dos entrevistados reconhecer que é preciso mudar as regras da Previdência, os brasileiros não estão bem-informados sobre a atual proposta de reforma.

De acordo com a pesquisa, apenas 36% responderam ter conhecimento amplo ou conhecer os principais pontos do texto, que está em discussão no Congresso Nacional. Entre os que dizem conhecer a atual proposta, 51% são contra e 39% são a favor a proposta.

O levantamento mostra ainda que 63% dos homens são mais favoráveis a reformar a Previdência, enquanto o percentual entre as mulheres é de 54%. Entre os que têm renda familiar acima dos cinco salários mínimos, 73% avaliam que é necessário fazer mudanças nas regras da previdência. Entre aqueles que recebem até um salário mínimo, 51% acreditam que o sistema precisa mudar.

Para 33% dos entrevistados, as regras da Previdência deveriam mudar apenas para quem ainda não contribui para o sistema, e 26% concordam que o sistema deve mudar para quem já contribui, mas ainda não se aposentou.

Os dados mostram que 77% acreditam que é dever da sociedade garantir um salário mínimo a todos os idosos de baixa renda, inclusive àqueles que nunca contribuíram para a Previdência.

Perguntados se estariam dispostos a pagar mais impostos para manter as atuais regras da previdência, 83% responderam que não.

A pesquisa foi feita em parceria com o Ibope Inteligência. Foram ouvidas 2 mil pessoas em 126 municípios entre os dias 12 e 15 de abril. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o grau de confiança é de 95%.

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

Aplicação de borra de café não elimina o Aedes aegypti

Motoristas de aplicativo: 64% dos assaltos são feitos por passageiros

200 maiores empresas do ES somam R$ 106 bilhões em receita

No Dia do Ciclista, campanha alerta sobre uso seguro da bicicleta

Estado investe mais de R$ 5 milhões em máquinas, veículos e equipamentos para 31 municípios

Brechó Solidário terá peças femininas, masculinas e infantis a partir de R$ 10

Instituto de Previdência de Cachoeiro apresenta novos conselheiros

Bolsa Família reduziu 25% da taxa de extrema pobreza, aponta Ipea

Casa de shows de Castelo é condenada em R$ 67.759,68 por não pagar direitos autorais de músicas

Único apostador ganha prêmio de R$ 30 milhões na Mega-Sena

Aneel define redução da tarifa de energia da EDP no Espírito Santo

Em Castelo, mulher que diz ter caído em chão escorregadio de casa noturna tem pedido de indenização negado

Detran|ES disponibiliza nada consta de CNH no formato digital

Prefeitura de Bom Jesus do Norte e fabricante de brinquedos terão de indenizar menino que fraturou costela após cair de escorregador

Fraudes em registros de veículos no Espírito Santo levam dez pessoas para prisão

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web