Mais do que “saber fazer”

Cinco novas habilidades essenciais para quem busca emprego

Pesquisa revelou que 60% das empresas pesquisadas sofrem com carência destas habilidades

Por | 10.05.2019

O tempo em que os certificados e habilidades técnicas eram os diferenciais na conquista de uma vaga de emprego está ficando para trás. Hoje, muito mais do que “saber fazer”, empresas buscam por candidatos que se destaquem por habilidades comportamentais.

Ao mesmo tempo em que as chamadas “soft skills” são difíceis de mensurar, no dia a dia das empresas são elas que fazem a diferença, de acordo com gestores e especialistas. Um estudo realizado e divulgado pela Capgemini com mais de 1,2 mil executivos revelou que aproximadamente 60% das empresas pesquisadas sofrem com carência destas habilidades.

“A tecnologia avança, mas no trabalho em grupo e contato com o cliente, o que mais conta nossa capacidade de nos relacionarmos. Por muito tempo os profissionais focaram na parte técnica e esqueceram que o mercado de trabalho é feito por pessoas”, explicou Leonardo Carraretto, especialista em inovação e educação. E completou: “O primeiro passo é estar aberto a mudanças. Só assim estaremos prontos para essas e outras demandas que surgirão daqui para frente”.


Confira quais são:


1. Empatia

Nada como se colocar no lugar do outro para entender o que um cliente, colega de trabalho ou superior busca.

2. Comunicação

Seja qual for o segmento de atuação, a falta de comunicação pode atrapalhar qualquer processo. Em contrapartida, uma boa comunicação faz com que entregas sejam mais assertivas.

3. Criatividade

Nunca foi tão importante ser criativo no ambiente corporativo em busca de novas soluções para antigos e novos desafios.

4. Resiliência

É importante mudar e estar sempre preparado para novas mudanças. Essa não será a primeira nova demanda do mercado, com certeza não será a última também.

5. Inteligência emocional

Acompanhar as mudanças e conquistar a vaga tão almejada é um desafio e tanto. Mais importante ainda é estar preparado emocionalmente para encarar os desafios de um mercado cada vez mais competitivo em todas as áreas.

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

Apostador do CE ganha prêmio de R$ 34 milhões na Mega-Sena

Unicef: 26% das adolescentes brasileiras casam-se antes dos 18 anos

Papa Francisco pergunta a Mourão: Pelé ou Maradona?

Canonização de Irmã Dulce reconhece trabalho social

Agência de turismo é condenada a indenizar adolescente que teve reserva de hotel cancelada em viagem para a Disney

Como funciona a partilha de bens na união estável?

Lei que torna transporte irregular infração gravíssima entra em vigor

Desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa é eleito presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo

Medo do desemprego cai e satisfação com a vida aumenta, diz pesquisa

Ipem-ES retira mil brinquedos irregulares do mercado capixaba

Governo decreta ponto facultativo no dia 28 de outubro

Confira as áreas que vão exigir capacitação e qualificação no Espírito Santo

Governo anuncia reajuste salarial para servidores e concursos públicos para ano que vem

Caixa lança aplicativo para apostas com nove modalidades de jogos

Deputada capixaba busca a desburocratização do crédito fundiário

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web