Home Cidades

Lições da cidade de Medellín foram ensinadas em Cachoeiro

   Evento lotou o auditório da Faculdade de Direito de Cachoeiro (FDCI)

Por | 11.05.2019

Em palestra realizada em Cachoeiro, nesta quinta-feira (09), o secretário de Segurança Urbana de Recife (PE) e estudioso de Medellín, Murilo Cavalcanti, compartilhou com o público cachoeirense o seu vasto conhecimento sobre a experiência exitosa da cidade colombiana, que, a partir de soluções inovadoras, deixou de ser umas das mais violentas do mundo para se tornar referência em segurança pública, urbanismo e cidadania. 

Promovido pela prefeitura de Cachoeiro, o evento lotou o auditório da Faculdade de Direito (FDCI), em Morro Grande.

Coautor do livro “As lições de Bogotá e Medellín: do caos à referência mundial”, Cavalcanti já visitou Medellín 31 vezes para fins de pesquisa. “Lá, as transformações foram mais consistentes que em Bogotá”, justificou.

O palestrante repassou em eixos as lições aprendidas na cidade colombiana. Falou sobre a importância do protagonismo e do compromisso dos gestores públicos no processo de mudanças necessárias. “O gestor deve gerar oportunidades iguais para todos”, frisou.

Destacou, também, que as cidades devem ser planejadas para as pessoas. “É preciso devolver a cidade às pessoas”, disse, ao apresentar exemplos de investimentos públicos feitos em áreas de convivência, principalmente em regiões mais pobres.

Cavalcanti ainda falou sobre: ações integradas, envolvendo escola pública de qualidade, polícia cidadã e outras agências; gestão transparente e focada em resultados; planejamento de curto, médio e longo prazos pactuado com a população; presença do setor público nas comunidades para reduzir criminalidade; urbanismo social e ordenamento urbano, dentre outros princípios.

Por fim, o palestrante falou sobre os resultados da implantação, em Recife, do Centro Comunitário de Paz (Compaz), equipamento público voltado para a promoção da cidadania, educação e cultura de paz que foi inspirado na experiência de Medellin.

“O convite que recebi do prefeito Victor Coelho, para essa troca de experiências, mostra que gestão municipal de Cachoeiro quer deixar um legado para a cidade. Eu volto para Recife muito entusiasmado com o que vi aqui, e com o que Cachoeiro pode ganhar. Então, eu parabenizo a atual gestão e o povo hospitaleiro de Cachoeiro”, disse Murilo Cavalcanti.

Victor Coelho destacou que a experiência positiva de Medellin inspira sua gestão. “Nós tivemos o privilégio de ter o Murilo aqui, em Cachoeiro. Foi um momento muito proveitoso. Vimos que é possível aplicar os exemplos apresentados. Recife já está fazendo isso e Cachoeiro quer andar na mesma linha, quer proporcionar uma cidade cada vez mais voltada para as pessoas. As cidades são das pessoas, e é isso que queremos: devolver a cidade para o cidadão, para a convivência, para a inclusão, para que a cidade seja cada vez mais humana e mais feliz”, disse o prefeito.

“A palestra trouxe uma nova visão, uma nova maneira de se fazer uma cidade mais justa, uma sociedade mais inclusiva e, consequentemente, mais segura. A partir do momento que a cidade incentiva a ocupação dos espaços públicos pela população, a insegurança acaba se afastando. O mais importante é esse novo conceito de segurança e que as políticas públicas sejam voltadas para a inclusão social, para a qualidade da convivência no município, e não só tratar a segurança relacionada à polícia”, avalia o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Jonei Santos Petri. 

“Foi uma palestra maravilhosa, elucidou bastante o caso de sucesso de Medellín. Mostrou que uma cidade inteligente não é só a que investe em tecnologia, é a que faz a política pública com qualidade, para quem realmente precisa. E que a sociedade civil precisa estar mobilizada, participar efetivamente para as transformações acontecerem. Com base no que aprendemos, vamos promover ações em Cachoeiro”, salientou o secretário municipal de Modernização e Análise de Custos, Alexandro da Vitória.

 

 

Comentários Facebook


Mais Cidades

Briga pela Prefeitura de Itapemirim pode deixar cerca de 1500 alunos sem transporte escolar, a partir de quarta-feira

Para reduzir déficit habitacional, prefeito de Marataízes lança programa inovador

Município de Piúma é condenado por não pagar direitos autorais de músicas tocadas em eventos

Prefeitura de Marataízes envia proposta para armar Guarda Municipal

Linha Cachoeiro x Conduru com tarifa de R$ 3,40 a partir de junho

Homenagem: criado o título de Cachoeirense In memoriam

Prefeitura de Itapemirim é denunciada no TCE-ES por suspeita de direcionamento na licitação de transporte coletivo/escolar

Localidades de Cachoeiro vão receber redes de água tratada

Estacionamento rotativo: empresa é aprovada em testes

Prefeitura de Cachoeiro melhora índice de transparência passiva

Obra na Jones dos Santos Neves exige atenção de motoristas e pedestres

Prefeitura de Itapemirim suspende pregão que foi denunciado no TC e prefeito terá de dar explicações

Prefeito anuncia obras de pavimentação e drenagem de ruas do Bairro Santa Rita II

Conheça as formas de atuação da moto-fumacê em Cachoeiro

Em Cachoeiro, obras avançam na cidade e no interior

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web