Nesta semana

Robótica vai estimular aprendizagem em escolas municipais de Cachoeiro

 Nesta semana, profissionais de cinco escolas estão sendo preparados para darem início a atividades

Por | 22.05.2019

Nesta semana, profissionais de cinco escolas municipais de Cachoeiro de Itapemirim estão sendo preparados para darem início às atividades de robótica educacional nas unidades.

Composto por dez professores de ciências e matemática, cinco pedagogos e oito servidores da Secretaria Municipal de Educação (Seme), o grupo participa, de segunda (20) até esta quarta (22), de um curso no Centro de Referência, Pesquisa e Capacitação do Professor de Educação Básica “Dr. Dirceu Cardoso” (Cecapeb), em Morro Grande. Nele, os educadores conhecem os equipamentos e materiais didáticos adquiridos pelo município, aprendem metodologias de ensino da robótica e participam de atividades práticas.

Os profissionais aprovaram a oportunidade de formação e a iniciativa da Seme de instalar laboratórios de robótica nas escolas.

“A formação está sendo maravilhosa. Será muito interessante trabalhar a robótica com os alunos, porque ela contribuirá para que desenvolvam, por exemplo, o raciocínio lógico, o cálculo, a partir de uma proposta nova, diferente”, acredita o pedagogo da escola Galdino Theodoro da Silva, Flávio Duarte.

Novidade nas aulas

A formação prepara os profissionais para trabalharem em laboratório de robótica, fato inédito nas escolas municipais. Inicialmente, as aulas serão realizadas, em caráter experimental, para turmas do ensino fundamental das escolas “Anacleto Ramos”, do bairro Ferroviários; “Galdino Theodoro da Silva”, do Jardim Itapemirim, “Professora Gércia Ferreira Guimarães”, do Village da Luz, “Monteiro Lobato”, do Alto União, e “Professor Pedro Estellita Herkenhoff”, do bairro Waldir Furtado Amorim.

Os docentes terão kits com instruções, peças e mesas para atividades em grupos, com quatro alunos. A ideia é a de que o material ajude, principalmente, nas aulas de matemática e ciências, mas outros professores poderão trabalhar com os equipamentos de maneira planejada e contextualizada. Os profissionais que hoje participam do curso atuarão como multiplicadores desses saberes em suas escolas e acompanharão, de perto, o trabalho no ambiente escolar.

Para a secretária de Educação de Cachoeiro, Cristina Lens, o projeto otimiza, aos estudantes, a construção de conhecimentos e a melhora da aprendizagem. “A robótica educacional é uma metodologia inovadora que, comprovadamente, ajuda o estudante a desenvolver uma série de habilidades e competências. Acreditamos que é um investimento necessário e estamos ansiosos para dar início a esse projeto-piloto, o que deve ocorrer, possivelmente, em julho”, destaca.

 

 

Comentários Facebook


Mais Educação

Escolas públicas de ensino médio se destacam no Enem por boas práticas

Como escolher a melhor escola? Entenda os métodos de ensino no Brasil

Estudantes da rede municipal aprenderão Língua Brasileira de Sinais

Investimentos na infraestrutura de escolas municipais somam R$ 13 milhões

Estudante de Marechal Floriano é selecionado para ‘Parlamento Jovem Brasileiro’

Alunos da Escola Canadense Maple Bear recebem aula sobre acessibilidade

Professores de Cachoeiro terão curso sobre educação no trânsito

Governo do Estado irá mapear alunos que estão fora da escola

Obras da Escola Municipal de Marobá devem ser concluídas até janeiro

Alunos de cursos técnicos em Cachoeiro participam de seminário

Enem terá aplicação digital em 2020 em fase piloto

Governo autoriza reforma e ampliação de escola infantil em Mimoso do Sul

Matemática comercial é tema de pesquisa feita por alunos de Conceição do Castelo

Aluna de Itapemirim é premiada na 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas OBMEP

Sedu reabre processo seletivo para profissionais do magistério

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web