Home Geral

Bolsonaro pretende dobrar pontos para suspensão de CNH

Presidente anunciou que aumentará validade de carteira

Por | 03.06.2019

Agência Brasil  

Foto: Marcelllo Casal Jr./AB

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que enviará, nos próximos dias, um projeto de lei ao Congresso para aumentar a validade da carteira nacional de habilitação (CNH) e dobrar o limite de pontos para a suspensão do documento. Na rede social Twitter, ele escreveu que apresentará a proposta ainda esta semana.

“Nessa semana apresentarei projeto de lei para: 1 - Passar de 5 para 10 anos a validade da Carteira de Habilitação; 2 - Passar de 20 para 40 pontos o limite para perder a CNH”, postou o presidente.

A postagem veio acompanhada de um vídeo em que Bolsonaro elogiou o uso do Exército na recuperação da BR-163. Ele disse que a utilização dos militares na rodovia é mais barata e fornece “mais confiança no trabalho”. Segundo o presidente, o envolvimento dos militares reduziu a pressão pela ocupação de cargos em comissão no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

No mesmo vídeo, o presidente disse estar engajado em interromper a instalação de radares eletrônicos nas rodovias federais. Ele declarou que o Ministério da Infraestrutura tinha 8 mil processos para a instalação de radares que consumiriam R$ 1 bilhão em quatro anos. Bolsonaro declarou que a interrupção na instalação dos radares representará um golpe na indústria de multas.

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 125 milhões na quarta-feira

Casagrande participa de audiência pública sobre PPA 2020-2023 no sul do Estado

Estado vai investir R$ 15 milhões em obras de pavimentação em Vargem Alta

108 anos da Assembleia de Deus são comemorados na Assembleia Legislativa

Ipea: homicídios de mulheres cresceram acima da média nacional

Especialista fala sobre segurança na internet

Planalto: projeto de lei que muda CNH deve ser apresentado nesta terça

Justiça capixaba começa liberar precatórios que  somam cerca de R$ 70 milhões

Maior problema da AL não é mais a fome, mas a obesidade, diz FAO

Bolsonaro pretende dobrar pontos para suspensão de CNH

Cadastramento para linha de Conduru começa nesta quinta

Estado assina termo para instalação da APAC de Cachoeiro de Itapemirim

Maio Amarelo: simulador atesta eficácia do cinto de segurança

Justiça capixaba nega indenização a paciente que ficou com pedaço de agulha no braço após cirurgia

Statkraft Energias Renováveis já trabalha para estruturar seu programa de recuperação de área degradada

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web