Home Política

Contarato vai à Justiça contra decreto de Bolsonaro que concede 60% de desconto a poluidores

A ação do governo é mais uma medida que enfraquece a fiscalização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Por | 04.06.2019

O senador Fabiano Contarato ingressou com ação popular, requerendo liminar, para suspender Decreto da União (nº 9.760, de 11 de abril de 2019) que cria “anistia antecipada” às infrações ambientais, inclusive, com concessão de descontos obrigatórios de até 60% do valor das multas. 

A ação do governo é mais uma medida que enfraquece a fiscalização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Apenas 5% dos cerca de R$ 3 bilhões em multas que o Ibama aplica, anualmente, são pagas devido aos frequentes recursos apresentados. Ao optar pela criação de núcleos de conciliação, como prevê o decreto, a cobrança da multa, automaticamente, poderá ser suspensa. Se o núcleo de conciliação, criado pela nova norma, não aceitar converter a multa em recuperação ambiental, o infrator poderá apresentar até três recursos no Ibama ou recorrer à Justiça. É, portanto, mais um duro golpe para desmontar a estrutura de proteção ao meio ambiente no país. 

“Esperamos, na Justiça, deter mais um retrocesso que, certamente, só virá para agravar a cultura de impunidade e destruição dos recursos naturais”, diz Contarato. Assinam a ação, junto com Contarato, o senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP), e a ex-senadora Marina Silva (REDE).

 

 

Comentários Facebook


Mais Política

Quintino quer mudança em lei de reclusão de PMs

Iriny Lopes defende indicação de Wylys e Stédile

Fundo Soberano e o de Infraestrutura aprovados

Baixo custo da Assembleia Legislativa do ES contrasta com parlamentos vizinhos

Saída de Manato revolta PSL e deputados dizem que terá consequências negativas para Governo Bolsonaro

Contarato vai à Justiça contra decreto de Bolsonaro que concede 60% de desconto a poluidores

Camilo Cola encontra general Hamilton Mourão, em Brasília

Fabrício Petri é indicado como coordenador do Conselho da Microrregião Litoral-Sul

Dorlei Fontão vai comandar Presidente Kennedy por seis meses

Em chapa única, Estevão Machado é eleito presidente do MDB de Itapemirim

João do Papel pensa em candidatura para ano que vem

Prefeito de Itapemirim chama Ferraço para briga e diz que ele é o grande ator da instabilidade no município

Mais de 2 mil pessoas nas ruas de Itapemirim em apoio a Dr. Thiago Peçanha

Câmara convoca secretário para esclarecer projetos; servidores pedem rapidez na votação

Prefeito de Itapemirim chama Ferraço para briga e diz que ele é o grande ator da instabilidade no município

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web