Reunião de Cúpula do G20

Bolsonaro diz que Alemanha tem a aprender com o Brasil na área ambiental

Bolsonaro disse ainda que o Brasil não participa do G20 para ser advertido por outros países.

Por | 28.06.2019

Agência Brasil  

Foto: Alan Santos/AB

Ao desembarcar nesta quinta-feira (27) em Osaka, no Japão, para a reunião de Cúpula do G20, o presidente Jair Bolsonaro disse que a Alemanha tem muito a aprender com o Brasil na área de meio ambiente. Bolsonaro fez o comentário rebatendo declaração da chanceler alemã, Angela Merkel, que disse querer conversar com ele sobre o desmatamento no Brasil.

“Temos exemplo para dar à Alemanha, inclusive sobre meio ambiente. A indústria deles continua sendo fóssil, em grande parte de carvão, e a nossa não. Eles têm a aprender muito conosco”, afirmou em resposta a pergunta de jornalistas sobre a declaração de Merkel.

Bolsonaro disse ainda que o Brasil não participa do G20 para ser advertido por outros países. “O presidente do Brasil que está aqui não é como alguns anteriores que vieram para ser advertidos por outros países. Não. A situação aqui é de respeito para com o Brasil. Não aceitaremos tratamento como no passado, em alguns casos com chefes de Estado que estiveram aqui”, acrescentou.

Ao ser questionado se Angela Merkel teria advertido o Brasil, o presidente respondeu que viu o que foi escrito pela imprensa, e que então é “preciso fazer a devida filtragem para não se deixar contaminar por parte da mídia escrita, em especial”.

De amanhã (28) até sábado, Bolsonaro participa da reunião do G20, de reunião informal dos líderes do Brics - grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul - e de uma séria de encontros bilaterais e audiências.

Bolsonaro terá encontro com os presidentes Donald Trump, dos Estados Unidos, Emmanuel Macron, da França, e Xi Jinping, da China, com os primeiros-ministros Narendra Modi, da Índia, e Lee Hsien-Loong, de Singapura.

Estão marcadas audiências com o presidente do Banco Mundial, David Malpass, e com o secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), José Angel Gurría Treviño.

 

 

Comentários Facebook


Mais Meio Ambiente

Presidente Kennedy cria comissão para enfrentar eventual avanço da lama de petróleo nas praias

Óleo já atingiu pelo menos 675 áreas de 116 cidades, informa Ibama

Devido ao vazamento de óleo no Nordeste, praias de Itapemirim são monitoradas diariamente

Victor Coelho assina pacote de medidas ambientais em Cachoeiro

Óleo atinge local de desova de tartarugas no Espírito Santo

Na foz do Rio Doce, pescadores temem que óleo agrave tragédia

Fuzileiros vão tentar localizar manchas de óleo no Espírito Santo

Recanto sagrado dos yanomami, Pico da Neblina deve ser reaberto

Ambientalista diz que Cachoeiro tem 80% de esgoto tratado

Primavera começa, mas chuvas devem se fixar apenas em outubro

Temperatura média do planeta pode subir 3,4°C até 2100

Projeto Tamar anuncia marca de 40 milhões de tartarugas protegidas

Programa Cuidar Mais reforça ideia de preservação de recursos naturais em Cachoeiro

Rede Brasil do Pacto Global e BRK Ambiental lançam vídeos sobre os impactos do saneamento básico

Cachoeiro recolhe quantidade expressiva de pilhas e baterias de celular usadas

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web