Orgulho para os capixabas

Espírito Santo ganha primeira Federação dos Cafés

Casagrande também destacou que o café é mais do que um produto agrícola, devendo ser ainda uma cultura inovadora, agregando valor por meio de pesquisas e extensão rural.

Por | 04.07.2019

Foto: Hélio Filho/Secom

Na manhã desta quarta-feira (03), o Governo do Estado, por meio do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), participou da Assembleia Geral de fundação da Federação dos Cafés do Estado do Espírito Santo (Fecafés). A reunião aconteceu no Palácio Anchieta, em Vitória, e contou com a participação de representantes de produtores e diversas autoridades.

O governador do Estado Renato Casagrande afirmou que o café é motivo de orgulho para os capixabas. “Consolidar a marca do café capixaba é importante e por isso estamos no início de uma proposta que visa fortalecer essa marca no mundo todo. A Federação está se formando agora e poderá ajudar muito nesse fortalecimento”, afirmou.

Casagrande também destacou que o café é mais do que um produto agrícola, devendo ser ainda uma cultura inovadora, agregando valor por meio de pesquisas e extensão rural. “Quando apoiamos o resgate do Incaper, do Idaf e fortalecemos o papel da Secretaria de Agricultura, dando estrutura e melhorando sua infraestrutura no Estado, mostramos a importância de se valorizar o agricultor”, completou.

A Fecafés é constituída por quatro cooperativas que atuam na cafeicultura de Conilon do Espírito Santo: Cooabriel, Coopeavi, Cafesul e Coopbac. As cooperativas atuam como apoiadoras e gestoras da Federação. A missão inicial da federação é gerir a IG (Indicação Geográfica) do Conilon capixaba.

“O Espírito Santo é o maior produtor de café Conilon do Brasil e um dos maiores do mundo e a criação da Federação é um grande avanço para o setor cafeeiro. Quando lutamos de forma coletiva junto ao Governo do Estado estamos caminhando para a consolidação conceitual do café do Estado”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto.

O Incaper, que já atua promovendo soluções tecnológicas e sociais por meio de ações integradas de pesquisa, assistência técnica e extensão rural aos cafeicultores capixabas, participou da concepção da Fecafés. “O café é o primeiro produto agropecuário a criar uma Federação. Isso demonstra a importância do Conilon e valoriza a cafeicultura do nosso estado”, reforçou o diretor-presidente do Incaper, Antonio Carlos Machado.

“A Federação é importante para o desenvolvimento regional e a valorização do cafeicultor. Estamos dando um importante passo para que o nosso café seja reconhecido em qualquer lugar do mundo”, destacou a analista da unidade de Agronegócio do Sebrae, Cintya Pereira Soares. 

Na ocasião foi assinado o termo de posse da Diretoria e do Conselho Administrativo da Federação. O corpo diretivo será composto pelo diretor presidente, Luiz Carlos Bastianello (Cooabriel) e pelo diretor administrativo-financeiro, Erasmo Carlos Negros (Coopbac). “A Fecafés está sendo constituída a partir da IG [Indicação Geográfica], mas transcende. Agradecemos a oportunidade que o Governo do Estado está nos dando na estruturação da IG do café Conilon capixaba”, disse Erasmo. 

IG – Indicação Geográfica

Há três processos que buscam o reconhecimento dos cafés produzidos no Espírito Santo: Caparaó, Cafés das Montanhas do ES e Conilon Capixaba. Entre os produtos do Espírito Santo que já possuem certificação de origem estão o Cacau em amêndoas, de Linhares; as Paneleiras de Goiabeiras, de Vitória; o Mármore, de Cachoeiro de Itapemirim, o Socol de Venda Nova do Imigrante e o Inhame de São Bento de Urânia (Alfredo Chaves). Além dos cafés, outras solicitações estão em andamento, como a Carne de Sol do Extremo Norte Capixaba, a pimenta-rosa e a pimenta-do-reino.

 

 

Comentários Facebook


Mais Agronegócio

Produtor de amêndoas do Sul do estado recebe premiação

Produtores de cafés especiais na região do Caxixe começam ser identificados pelo governo

Prefeitos de Minas Gerais conhecem o agroturismo em Venda Nova do Imigrante

Mudas de Pinus serão distribuídas a produtores da Região Serrana do ES

Queijo de 650 quilos é destaque de concurso leiteiro em Muniz Freire

Espírito Santo ganha primeira Federação dos Cafés

Produção de conilon cresce 5 vezes em 20 anos

Nova cultivar de café conilon é lançada pelo Incaper

Morador de Anchieta desenvolve máquina para colher pimenta rosa

Incaper lança livro técnico sobre experiências na produção do café conilon

“Produtores de café estão operando em prejuízo”, declara Evair de Melo em audiência pública

 Venda Nova do Imigrante abre inscrições para curso de produção de pupunha

ExpoSul Rural 2019 supera expectativa dos organizadores e movimenta R$ 25 milhões em negócios

Adesão ao Susaf permite que Castelo comercialize seus produtos em todo o Espírito Santo

ExpoSul Rural apresenta tecnologias e inovação para o setor agro

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web