Danos morais no valor de R$5 mil

Morador de Castelo será indenizado após mensagens homofóbicas em rede social

Os acusados não negaram o ocorrido e afirmaram que as ofensas eram direcionadas à página do autor e não a ele

Por | 04.07.2019

Um morador de Castelo deve ser indenizado após sofrer uma série de ofensas, com relação à sua sexualidade, publicadas em uma página de rede social. A decisão da 1ª Vara de Castelo condenou os responsáveis pelo delito ao pagamento de compensação por danos morais no valor de R$5 mil.

De acordo com os autos, o requerente era um dos administradores de uma página do facebook e três homens, que são réus no processo, teriam realizado uma série de ofensas contra o autor do processo na rede social. Entre as ofensas publicadas na página, estavam agressões de cunho homofóbico.

Por sua vez, os requeridos não negaram o ocorrido, nem o conteúdo das suas mensagens. Em defesa, eles alegaram que “a menção foi feita à página do facebook e não à pessoa do autor”.

Em análise do ocorrido, o juiz destacou que a Constituição do Brasil assegura o dever de promover o bem de todos, sem preconceitos ou discriminação de qualquer forma. Igualmente, ele ressaltou que o artigo 953 prevê a indenização ao ofendido nos casos de injúria, difamação e calúnia.

“Observa-se que o autor põe em relevo, realmente, comentários que tocam a opção sexual do indivíduo, de maneira pejorativa, diminuindo-lhe a autoestima de forma inadmissível, percebendo-se que em nenhum momento tecem alguma crítica no campo das ideias, posições pessoais ou políticas que sejam, limitando-se a ataques de cunho discriminatório”, afirmou.

O magistrado também refutou o argumento de um dos réus acerca do direcionamento das ofensas. “Induvidosamente, e conforme a substanciosa prova documental contida nos autos, os insultos eram direcionados ao requerente, sem que este retrucasse ou desse algum motivo para a conduta perpetrada pelos ofensores”, acrescentou ele.

Diante disto, o juiz condenou dois dos réus ao pagamento de R$2 mil, e um ao pagamento de R$1 mil a título de danos morais. Valores que devem ser acrescidos de juros e correção monetária.

 

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

INSS deve pagar por afastamento de vítima de violência doméstica

Bolão dos assessores do PT ganha prêmio da Mega de R$ 120 milhões

Brasil tem 24,3 milhões de crianças e adolescentes que usam internet

Inscreva-se para as 2.500 vagas com vistas ao mercado de trabalho

Justiça de Venda Nova do Imigrante manda Estado indenizar homem processado por crime praticado por outra pessoa

Eletricistas de Cachoeiro e Venda Nova do Imigrante venceram Rodeio dos Eletricistas da EDP

200 pássaros são soltos pela Superintendência do IBAMA no ES

Mega-Sena sorteia nesta segunda-feira prêmio de R$ 80 milhões

Começa nesta semana pagamento de R$ 500 por conta do FGTS

Operação contra transporte clandestino abordou 80 veículos

Abatimento da tarifa de energia elétrica e outros benefícios para famílias de baixa renda

Município promete quebrar mais uma vez recorde com queijo gigante

Em Vargem Alta, homem atingido por retroescavadeira da prefeitura vai receber pensão vitalícia e indenização de R$ 30 mil

Site da BRK Ambiental conta com nova ferramenta de acessibilidade digital para usuários surdos

Justiça nega recurso de ex-vereador de Mimoso condenado por morte de cunhado

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web