Investimento de R$ 1.569.676,03

Governo do Estado entrega nove leitos de UTI no Hospital Padre Máximo, em Venda Nova do Imigrante

O valor investido na abertura desses leitos foi de R$ 1.569.676,03 para estruturação do espaço.

Por | 19.07.2019

Foto: Adriano Zucolotto/Governo ES

Na manhã desta sexta-feira (19), o governador Renato Casagrande, juntamente com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, realizou a entrega de nove novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Padre Máximo, em Venda Nova do Imigrante. Esses leitos vão atender pacientes clínicos do Sistema Único de Saúde (SUS) da região serrana e de outras regiões, regulados pela Central Estadual de Regulação de Internação e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que necessitam de cuidados intensivos. 

O valor investido na abertura desses leitos foi de R$ 1.569.676,03 para estruturação do espaço. Segundo o governador, esse investimento visa atender uma necessidade da região e diminuir o sofrimento de quem precisa de um atendimento mais complexo. “Os leitos de alta complexidade eram uma necessidade da região. Agora teremos condições de um atendimento mais rápido e de mais qualidade. O fato de ter uma BR passando pela cidade aumenta a necessidade. Precisamos descentralizar, o deslocamento para o atendimento traz um sofrimento muito grande”, lembrou.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) mantém um repasse mensal ao Hospital Padre Máximo para o custeio da urgência e emergência (R$ 100.000,00/mês) e quatro leitos de Saúde Mental (R$ 22.440,44/mês).

Aquisição de equipamentos

Além do investimento para a abertura dos novos leitos de UTI, a Sesa também realizou uma transferência de recursos financeiros no total de R$ 160 mil para compra de equipamentos e mobiliários para a unidade hospitalar, de acordo com o Termo de Fomento nº 9003/2019, publicado nesta quarta-feira (17), no Diário Oficial o Espírito Santo. 

Esse valor foi dividido da seguinte forma: R$ 83.345,00 para aquisição de mobiliários para a UTI; R$ 42.084,90 para compra de computadores para as áreas de call center, recepção, Serviço de Arquivo Médicos e Estatísticas (SAME), pronto-socorro, lavanderia e sala de prescrição médica; e R$ 34.570,09 para uma central de ar-condicionado para a sala de pré-parto, sala de classificação de risco, sala de gesso, consultórios médicos, sala de endoscopia, almoxarifados, armazenamento de medicamentos, SAME, recepção e salas de observação do pronto-socorro.

Esse Termo de Fomento começa a valer no dia seguinte ao da publicação no Diário Oficial, e tem validade até o dia 31 de maio de 2020.

 

  

 

 

 

 

 

Comentários Facebook


Mais Saúde

Após investimento de R$ 700 mil, Pronto Atendimento Paulo Pereira vai ser reaberto dia 19

2ª etapa da campanha nacional de vacinação contra o sarampo será de 18 a 30 de novembro

Hospital promove reencontro de paciente e cãozinho de estimação

Em Cachoeiro, campanha UNIODONTO informa sobre riscos do câncer de boca

Unimed Sul promove ação de conscientização sobre câncer de próstata neste sábado

Castelo ganha nova unidade de atendimento da Unimed Sul Capixaba

Prefeito Dorlei Fontão anuncia construção do Hospital Municipal de Presidente Kennedy

Casos de morte por dengue aumentam 5 vezes em relação ao ano passado

Governo do Estado vai credenciar instituições privadas para oferta de consultas especializadas

Evento em Cachoeiro debaterá judicialização da saúde pública

Novembro Azul: 5 fatos sobre o câncer de próstata que você não sabia

Câncer de mama: ES tem 1.100 casos por ano

Medidas antitabaco diminuíram em 40% o número de fumantes no Brasil

Retinopatia diabética atinge 40% dos brasileiros

Unimed Sul realiza exames oftalmológicos gratuitos  em estudantes de Marataízes

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web