Raquel Lessa

Deputada capixaba busca a desburocratização do crédito fundiário

Raquel agradeceu a atenção e dedicação do diretor do Idaf, Mário Louzada que se disse empenhado nas demandas

Por | 30.09.2019

A deputada estadual Raquel Lessa esteve com o diretor-presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), Mario Louzada, para definir as medidas necessárias para retirar os entraves do crédito fundiário. “São muitas famílias que precisam do crédito para assistência técnica, até mesmo para voltar a se inserir na cadeia produtiva, para tornarem-se independentes” – frisa a parlamentar.

De acordo com Raquel esse é um programa social que fortalece a agricultura: “Nossos trabalhadores rurais precisam plantar e produzir em suas terras, com menos impostos, taxas e empréstimos”. Para ela essa bandeira é uma missão em que vai se empenhar até que seja possível celeridade no andamento de processos e encontrem-se soluções para o trabalhador do campo: “Não queremos facilidades e sim, direitos assegurados”.

Raquel ressalta que os agricultores precisam dessas medidas vigorando para seguir com investimentos. Destaca ainda que o decreto que instituiu o novo Programa Nacional de Crédito Fundiário já foi assinado pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, mas ainda aguarda parecer da Casa Civil.

Raquel agradeceu a atenção e dedicação do diretor do Idaf, Mário Louzada que se disse empenhado em desenvolver as políticas de acesso e encontrar um caminho que traga agilidade nos procedimentos.

 

 

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

Três bombeiros morrem e 3 ficam feridos no combate a incêndio em boate

Apostador do CE ganha prêmio de R$ 34 milhões na Mega-Sena

Unicef: 26% das adolescentes brasileiras casam-se antes dos 18 anos

Papa Francisco pergunta a Mourão: Pelé ou Maradona?

Canonização de Irmã Dulce reconhece trabalho social

Agência de turismo é condenada a indenizar adolescente que teve reserva de hotel cancelada em viagem para a Disney

Como funciona a partilha de bens na união estável?

Lei que torna transporte irregular infração gravíssima entra em vigor

Desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa é eleito presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo

Medo do desemprego cai e satisfação com a vida aumenta, diz pesquisa

Ipem-ES retira mil brinquedos irregulares do mercado capixaba

Governo decreta ponto facultativo no dia 28 de outubro

Confira as áreas que vão exigir capacitação e qualificação no Espírito Santo

Governo anuncia reajuste salarial para servidores e concursos públicos para ano que vem

Caixa lança aplicativo para apostas com nove modalidades de jogos

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web