Mapa do Trabalho

Confira as áreas que vão exigir capacitação e qualificação no Espírito Santo

Estudo elaborado pelo Senai Nacional aponta que o Espírito Santo deverá qualificar 184.448 trabalhadores em ocupações industriais entre 2019 e 2023.

Por | 02.10.2019

O Mapa do Trabalho Industrial, elaborado e divulgado nesta segunda-feira (30) pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), aponta que o estado do Espírito Santo terá que qualificar 184.448 trabalhadores em ocupações industriais nos níveis superior, técnico, qualificação e aperfeiçoamento entre 2019 e 2023.
 
Esse número contempla trabalhadores ativos dentro das indústrias capixabas e também atuantes em outros setores, que contratam serviços industriais como o comércio, serviço e transporte. Neste cenário, 108.294 (59%) estão dentro das indústrias e 76.155 em outros setores.
 
Mateus de Freitas, superintendente do Sesi-ES e diretor regional do Senai-ES, explica a importância desse estudo para as entidades e a qualidade dos serviços oferecidos para as indústrias no Espírito Santo.
 
“O Mapa do Trabalho Industrial é essencial para que possamos conectar as necessidades das indústrias, as demandas de profissões industriais com a oferta de cursos e serviços que oferecemos tanto no Senai-ES, quanto no Sesi-ES”, frisa.
 
Atualmente, o Espírito Santo possui 160 mil trabalhadores ativos dentro das 18 mil indústrias existentes.
 
O estudo vem a confirmar as diretrizes adotadas pelo Senai-ES e o Sesi-ES em olhar para o futuro do trabalho e dar acesso aos trabalhadores a Educação de Excelência, desenvolvendo suas competências e habilidades socioemocionais, já introduzindo-os nas tecnologias da Indústria 4.0.
 
“O mercado de trabalho exige qualificação contínua e aperfeiçoamento na carreira escolhida, cobrando novas competências dos profissionais. Por isso, nos preocupamos com a atualização da força de trabalho das indústrias capixabas, um pilar importante para torná-la mais produtiva, mais competitiva e mais inovadora, trazendo essas novas tecnologias para dentro dos nossos cursos”, ressalta Mateus.
 
Além disso, mostra que estamos no caminho certo ao pensar em um programa de desenvolvimento de longo prazo para a indústria capixaba, olhando para o futuro, baseado em estudos econômicos e prospectiva estratégica para a identificação dos Setores Portadores de Futuro e a construção das Rotas Estratégicas Setoriais, o Indústria 2035, da Findes e coordenado pelo Ideies. Neste ano, já foi entregue a Rota Estratégica para o setor Agroalimentar, que abrange também a indústria do café. Ainda esse ano serão entregues a Rota de Biotecnologia e Petróleo e Gás.
 
“Já estamos nos antecipando em um nível de detalhe setorial e regional, olhando o mercado de cada região, para poder oferecer os cursos mais adequados para as profissões mais demandadas e a indústria poder dar o próximo passo. E o Mapa vem a confirmar todos os estudos que temos feito aqui no Espírito Santo e as nossas estratégias, como o reposicionamento do nosso portfólio e ampliação da oferta de cursos”, pontuou.
 
Educação e Qualificação Industrial
 
De acordo com o Mapa do Trabalho, a demanda por formação técnica será maior nas áreas transversais; metalmecânica; energia e telecomunicações; logística e transporte; e informática. São chamados de profissionais transversais aqueles que trabalham em qualquer segmento, como técnicos em eletrotécnica e técnicos de controle da produção.
 
Essas exigências serão cada vez mais frequentes, principalmente pela demanda trazida pela Indústria 4.0, que exige uma qualificação tecnológica específica, para que a indústria fique cada vez mais competitiva e produtiva.
 
E o Senai-ES possui em seu portfólio cursos para formar em todas as profissões apontadas pelo Mapa do Trabalho Industrial.
 
A grade curricular de todos eles foram reformuladas com metodologias que preparam o aluno para lidar com as transformações digitais e atender as demandas da Indústria 4.0, atendendo tanto quem ainda vai entrar no mercado de trabalho quanto a força de trabalho já ativa, que necessita de qualificação contínua e aperfeiçoamento na carreira escolhida.
 
No que diz respeito à formação técnica, oferecemos Técnico em Mecânica, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Edificações, Técnico em Desenvolvimento de Sistemas, Técnico em Logística.
 
Também oferecemos cursos de iniciação, qualificação e aperfeiçoamento, de curta duração, que ajuda a qualificar em áreas como: mecânico e manutenção industrial, mecânico de automóveis e mecânico de manutenção de motocicletas, eletricista industrial, ajudante de obra, pedreiro de alvenaria e magarefe.
 
As matrículas para os cursos técnicos para o ano de 2020 serão abertas em breve. Para os cursos de curta duração o interessado deve entrar em contato com a unidade Senai mais próxima ou entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), pelos contatos: (27) 33345929 e sac@senai-es.org.br.
 
Recortes do Mapa
 
Segundo o Mapa do Trabalho Industrial, precisarão ser capacitados no estado, até 2023, 2.715 técnicos de planejamento e controle de produção e 2.017 técnicos mecânicos na fabricação e montagem de máquinas, sistemas e instrumentos.
 
Aponta ainda que, entre as ocupações que exigem cursos de qualificação e que mais vão demandar profissionais capacitados, estão as de mecânicos de manutenção de máquinas industriais (5.233) e operadores de máquinas para costura de peças do vestuário (4.219).
 
Já a demanda por capacitação de profissionais com formação técnica no Espírito Santo será maior nas áreas transversais; metalmecânica; energia e telecomunicações; logística e transporte; e informática. São chamados de profissionais transversais aqueles que trabalham em qualquer segmento, como técnicos em eletrotécnica e técnicos de controle da produção.

 

 

Comentários Facebook


Mais Geral

Três bombeiros morrem e 3 ficam feridos no combate a incêndio em boate

Apostador do CE ganha prêmio de R$ 34 milhões na Mega-Sena

Unicef: 26% das adolescentes brasileiras casam-se antes dos 18 anos

Papa Francisco pergunta a Mourão: Pelé ou Maradona?

Canonização de Irmã Dulce reconhece trabalho social

Agência de turismo é condenada a indenizar adolescente que teve reserva de hotel cancelada em viagem para a Disney

Como funciona a partilha de bens na união estável?

Lei que torna transporte irregular infração gravíssima entra em vigor

Desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa é eleito presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo

Medo do desemprego cai e satisfação com a vida aumenta, diz pesquisa

Ipem-ES retira mil brinquedos irregulares do mercado capixaba

Governo decreta ponto facultativo no dia 28 de outubro

Confira as áreas que vão exigir capacitação e qualificação no Espírito Santo

Governo anuncia reajuste salarial para servidores e concursos públicos para ano que vem

Caixa lança aplicativo para apostas com nove modalidades de jogos

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web