Fim de casamento

Sobre PSL, Bolsonaro diz que todo casamento é passível de divórcio

Na sexta-feira (11), Bolsonaro e mais 21 parlamentares da legenda requereram ao diretório nacional que apresente informações sobre as contas da sigla.

Por | 15.10.2019

Fonte: Agência Brasil  Brasília

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta segunda-feira (14) que o presidente Jair Bolsonaro segue avaliando a situação do PSL e chegou a comparar a relação com o partido como um casamento "passível de divórcio". Na sexta-feira (11), Bolsonaro e mais 21 parlamentares da legenda requereram ao diretório nacional que apresente informações sobre as contas da sigla.

"O presidente analisa a situação referente ao seu posicionamento em relação ao PSL dia a dia, e usa a metáfora que lhe é usual: 'qualquer casamento é passível de divórcio'", disse o porta-voz a jornalistas, durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.   

Mais cedo, o líder do governo na Câmara dos Deputados, Major Vitor Hugo (PSL-GO), que se reuniu com o presidente após os advogados, disse que Bolsonaro e o grupo de parlamentares querem mais transparência do partido no uso dos recursos partidários.

O porta-voz da Palácio do Planalto reforçou essa mesma posição por parte do presidente da República e lembrou que ele nem sequer usou dinheiro do fundo partidário durante sua campanha eleitoral do ano passado. Segundo Rêgo Barros, Bolsonaro voltou a dizer que quer o PSL como referência de partido com transparência e boas práticas.   

"O que o presidente quer é que o PSL seja a referência como partido político transparente, que se mostra para a sociedade como diferente. É preciso que haja a possiblidade de ir fundo nas análises do partido e confirmá-las", acrescentou.

 

 

Comentários Facebook


Mais Política

Saída do PSL é "separação amigável", diz Bolsonaro

Tininho confirma possibilidade de aliança política com Marco Vivácqua: “Está bem encaminhado”.

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil

Resultado de megaleilão do pré-sal divide opinião de senadores

Secretário da Fazenda presta contas na Comissão de Finanças

Ministério Público requer a prorrogação do afastamento da prefeita de Presidente Kennedy por mais 180 dias

Evair de Melo assume presidência da FrenCOMEX

Marcos Mansur pede providência em rodovia de Cachoeiro

Presidente Erick Musso repudia fala de Eduardo Bolsonaro sobre "novo AI-5"

Surge o nome de Armando Zanata para renovar a política de Alfredo Chaves

No ES, ministro Sérgio Moro elogia Programa Estado Presente em Defesa da Vida

Com 8 partidos, incluindo PSB do governador, Domingos Fracaroli é eleito prefeito de Castelo

Sérgio Moro vem ao ES na próxima terça-feira

Saída de Joice da liderança do governo no Congresso mostra que PSL "não tem identidade partidária", avalia cientista político

Em busca de recursos, Victor Coelho cumpriu agendas em Vitória e Brasília

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web