Artigo de Philipe Verdan

 Marataizes das lembranças do passado para o litoral do futuro capixaba 

Algumas importantes observações a ações que foram realizadas nesses 2 anos, 10 meses e 25 dias do seu governo.

Por | 25.10.2019

Uma matéria no Jornal LANCE, após a goleada do Flamengo sobre o Grêmio e classificação para final da Libertadores, me chamou a atenção. Título: “Do acabou o dinheiro, a acertos milionários: FLA muda devido a uma nova forma de fazer gestão”. 

A matéria narra dois momentos. Primeiro um ex-presidente (Marcio Braga) que saiu deixando obras paradas do CT, uma administração sem credibilidade, um time sem investimentos e uma torcida desacreditada. Chegou a ser afastado da direção do clube duas vezes, e uma frase dita em uma coletiva de imprensa entrou para a galeria de piores momentos rubro negro: “Acabou o dinheiro”. Em seguida, o jornal narra a nova fase, marcada por uma forma inovadora de governar o clube, através do Eduardo Bandeira de Mello, que durante seus dois mandatos fez um planejamento financeiro. Resultado: em 2019, o mais querido do Brasil está colhendo o que plantou.

Em resumo Bandeira de Mello disse que “fizemos o dever de casa, recuperamos a credibilidade do clube, mas o trabalho não se encerrou, precisamos continuar evoluindo ao longo tempo”.

E continuou: “Isso vai se refletir no futebol, na alegria dos torcedores, onde vamos poder partir para outro grau de investimento, e acho que esse é o caminho, manter com essa gestão séria e competente. Pois lá no início de tudo, comecei a fazer o que vários prometeram, mas não fizeram”.

Alguns tópicos enumerados por Bandeira de Mello.

1.Iniciar a gestão fazendo ajustes nas Finanças;

2.Colocar a administração e certidões em dias, para receber investimentos da iniciativa pública e privada através de uma gestão seria e de credibilidade;

3.Investir pesado na base e o clube voltar a valorizar a tradicional frase “craque, o Flamengo faz em casa”. 

Entre outras ações.

Fazendo uma analogia, vem à minha a cabeça o discurso do prefeito Tininho Batista durante a inauguração do Novo PAM, antes da primeira noite do retorno da Festa da Cidade, em Comemoração aos seus 23 anos de Emancipação Política de Marataizes.

Algumas importantes observações a ações que foram realizadas nesses 2 anos, 10 meses e 25 dias do seu governo. Irei destacar alguns pontos;

1, Quando iniciou sua gestão em 2017 e deparou com a realidade deixada, iniciou cortando 10% do salário de todos os comissionados (Incluindo Prefeito, Vice Prefeito e Secretários);

2.Que durante os dois primeiros anos trabalhou arduamente com sua equipe, para os pagamentos dos funcionários fossem em dia, e todos os quesitos para as certidões estarem atualizadas e disponíveis para receber investimentos do Estado e Do Governo Federal, após suas idas a Brasília e Vitória e solicitações a Senadores, Deputados Federais, Estaduais e o Governador;

3.Com uma forma dinâmica, descentralizada, participativo e muito trabalhador e incansável por uma gestão equilibrada e responsável que junto aos seus secretários não existe final de semana como desculpa para não se reunir, visitar obras e atender a população;

4.Uma gestão que vai atrás de recursos em Brasília para Saúde e áreas prioritárias para a população, como construções de unidades de saúde em algumas localidades;

5.Na Educação, recebeu um ofício do Ministério Público pelo bom desempenho no IDEB já no primeiro ano de administração;

6.Na Segurança, recebeu elogios e agradecimentos da Companhia da Polícia Militar pela trabalho em parceria da Guarda Municipal e investimento em videomonitoramento que diminuíram os índices de criminalidade desde sua instalação. 

O governo Tininho Batista vai chegando ao fim do ano de 2019 com obras do interior ao litoral, com serviços de drenagem e pavimentação em vários bairros e chegando a 100% do Santa Rita 2, sendo que outros estarão sendo licitados para iniciar as obras em breve, investimentos em várias áreas de Boa Vista a Pontal.

Enquanto muitos municípios não conseguem, hoje fechar a folha de pagamento, pois não fizeram o dever de casa ao início da gestão desse mandato, o atual governo de Marataizes teve um aumento do ticket alimentício de 600 reais para 800 reais, faltando mais de dois meses para o final do ano anunciou um abono de 3 mil reais para todos os funcionários da prefeitura.

Tendo hoje um pacote de obras de R$ 100 milhões já iniciado na rua, vai começar 2020 com uma expectativa de crescimento maior em obras e investimentos, pois será o município com o maior arrecadação em royalties do petróleo no Espírito Santo. Portanto, se continuar transformando os recursos do ouro negro em benefícios para a população, Marataízes será o litoral mais visitado no futuro e não mais aquele cidade lembrada nostalgicamente pelos verões do passado.

O Ex Técnico Muricy Ramalho, tri-campeão brasileiro pelo São Paulo, disse em entrevista ao Programa Bem Amigos no SPORTV em 2017, “o Flamengo seria uma potência no futebol em questão de anos, devido ao trabalho de gestão que vem fazendo e os resultados iriam surgir em campo, voltando a lugares que jamais deveria ter saído, devido ao tamanho do seu clube e da paixão dos seus torcedores”.

E durante a solenidade na semana passada, deputados estaduais presentes disseram ao público, que Marataízes vai ser contada antes e depois dessa atual gestão, pois o prefeito Tininho Batista tem o DNA Maratimba.

 Lembraram ainda que percorrem todo estado e é difícil encontrar um município com contas e pagamentos de funcionários em dia. E é obvio que tendo condições tem mesmo que valorizar o funcionário com aumento no ticket, abono e reforma dos prédios públicos para melhores condições de trabalho.

A administração segue fazendo altos investimentos em estruturas na Educação como o novo CAIC em 24 milhões de reais, na saúde com um PAM 24h com leitos de UTI e médicos de várias especialidades.

Além de R$ 100 milhões em obras de infraestrutura turística para atrair investimentos privados para geração de emprego e renda, e bairros com serviços de drenagem, pavimentação entre outros para a melhoria da qualidade de vida dos moradores. Tem ainda a previsão de 82 kms de asfalto na área rural, levando acessibilidade para a população e melhorias para o trabalho do nosso agricultor. Sem contar com a reforma do Porto e do Mercado para os nossos pescadores.

Se hoje é difícil manter uma prefeitura somente em dia, imagina fazer gestão administrativa de qualidade a obras e investimentos que fazem Marataízes voltar a ser a PÉROLA CAPIXABA? Essa é a marca da atual administração.

Philipe Verdan Barreto:  Pos graduando em Gestão de Pessoas, Lideranças de Equipes e Lideranças de Carreiras - PUC RJ e Aluno do Curso de Políticas Públicas na ESPM São Paulo.

 

 

Comentários Facebook


Mais Artigos

Contrato de trabalho verde e amarelo

Decisão do STF sobre a prisão após condenação em segunda instância é uma vitória da Constituição

Interlocução de Erimar  e Pepe traz Marco Vivacqua para o time de Tininho.

A honraria e a sobrecarga

 Marataizes das lembranças do passado para o litoral do futuro capixaba 

Antes de entregar presidência do PSB, Bastos tentou agenda com Casagrande durante 4 meses

Por que Norma mudou o título para Marataízes?

Victor Coelho, o aluno nota A

Registro de filhos fruto de relação extraconjugal

Análise 2020 – Câmara de Itapemirim

Impacto digital - Jornalista comenta o fim do jornal diário A Gazeta

O que muda em relação ao trabalho aos domingos e feriados

Quanto custa um feriado?

A bossa eternizada

Neném, o comendador do povo de Cachoeiro

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web