Em Itapemirim

2ª etapa da campanha nacional de vacinação contra o sarampo será de 18 a 30 de novembro

A vacina será ofertada em todas as Unidades Básicas de Saúde do município

Por | 12.11.2019

O Município de Itapemirim, por meio da Secretaria de Saúde, realizará entre os dias 18 a 30 de novembro, a 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. A campanha é direcionada à vacinação de adultos jovens não vacinados, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, sendo que o Dia D da campanha será no dia 30 de novembro, num sábado.

Segundo Flávia Abreu da Silva, Coordenadora do Programa de Imunização do Municipal de Itapemirim a vacina será ofertada em todas as Unidades Básicas de Saúde do município de 8 às 16 horas, numa estratégia de vacinação seletiva, que tem como objetivo a avaliação da situação vacinal e vacinação conforme as normas do Programa Nacional de Imunizações (PNI) contra o sarampo os adultos jovens não vacinados na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, visando interromper a circulação viral e controlar a doença no País.

“Serão vacinadas apenas os jovens que estiverem com o esquema de vacinação incompleto. Os cartões de vacina serão revisados para verificar a necessidade de receber a dose. Pessoas nessa idade, deverão ter obrigatoriamente duas doses da vacina com o componente Sarampo registradas no cartão de vacina. Caso não tenham, inicia-se o esquema de vacinação”, alerta Flávia Abreu.

A Secretária de Saúde de Itapemirim, Zélia Rita Kock Ferreguette Costa, reforça a necessidade de realização da campanha de vacinação contra o sarampo, com o intuito de captar os adultos de 20 a 29 anos de idade, ainda não vacinados ou com esquemas de vacinação incompletos, com o pensamento de minimizar o risco de adoecimento desses indivíduos e, consequentemente, reduzir ou eliminar os bolsões de não vacinados. Ela ainda orienta que estes devem levar os seguintes documentos: Cartão Nacional do SUS e Caderneta de vacinação.

“O Sarampo é uma doença infecciosa exantemática aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbitos. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após”, informa Zélia.

 

 

Comentários Facebook


Mais Saúde

Santa Casa de Cachoeiro fez quase 400 atendimentos a idosos vítimas de queda dentro de casa

Saúde perdeu R$ 500 milhões para fundo eleitoral, diz ministro

Victor Coelho entrega três ambulâncias para  o interior de Cachoeiro

Equipe da Unimed Sul Capixaba está entre as três melhores no Prêmio Ser Humano

Paulo Pereira já realizou mais de 1.500 atendimentos após reabertura

Novas ambulâncias e postos de saúde reformados para comunidades do interior

Sábado (30) terá vacinação seletiva contra sarampo em Cachoeiro

Prefeitura de Cachoeiro investe na oferta de atendimentos com médicos especialistas

Cachoeiro promoverá 1º Fórum de Saúde do Homem

Só doação regular de sangue mantém estoques, diz ministério

Prefeitura de Castelo compra aparelho ultrassom para unidade de saúde Solange Campanha

Projeto do Hospital do Câncer é apresentado a vereadores de Cachoeiro

Victor Coelho entrega obra de reforma do Pronto Atendimento Paulo Pereira Gomes

Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil

Sete em cada dez brasileiros acreditam em fake news sobre vacinas

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web