Preservação do meio ambiente

Victor Coelho assina pacote de medidas ambientais em Cachoeiro

O Plano Municipal de Saneamento será elaborado por uma equipe da Universidade Federal do Espírito Santo

Por | 15.11.2019

 

O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho, assinou nesta quinta-feira (14), a ordem de serviço para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento (Água, Esgoto e Resíduos Sólidos),
o Termo de Compromisso para revisão do Plano de Manejo do Monumento Natural do Itabira (Mona Itabira) e o decreto para composição do órgão gestor do Plano Municipal de Educação Ambiental (PMEA). Com o pacote de medidas ambientais, será estabelecido as diretrizes que serão adotadas para a preservação do meio ambiente, melhorias no saneamento básico e desenvolvimento econômico do município.

O Plano Municipal de Saneamento será elaborado por uma equipe da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), com prazo de conclusão previsto para 18 meses. Esse trabalho abrangerá uma atualização do que consta no Plano Municipal de Água e Esgoto, criado em 2011 no município, e medidas inéditas para a gestão dos resíduos sólidos da cidade.

“É impossível regular as questões de saneamento se não tivermos um plano claro. Ao contrário da visão que muitos têm, um Plano de Saneamento não significa burocratizar, mas sim dar transparência, gerando benefícios tanto para a população quanto para empresas. Em vários países, os resíduos sólidos são tratados como oportunidade de negócios, pois são diversas as oportunidades de reutilização que eles têm”, destacou o professor Renato Ribeiro Siman, representante da Ufes.

“O Plano Municipal de Água e Esgoto deveria ter sido revisado em 2015, e o de Resíduos Sólidos está pendente desde 2013. Portanto, é uma conquista muito grande iniciar a elaboração de um Plano de Saneamento abrangente, preenchendo esse vácuo no regramento e atendendo ao que determina a legislação federal”, explicou a secretária municipal de Meio Ambiente, Andressa Colombiano.

“Desde o início da gestão, a nossa equipe do Meio Ambiente está trabalhando para fazer as atualizações nas bases legais que darão suporte às políticas públicas para a área. Cachoeiro está no caminho certo”, acrescentou o prefeito Victor Coelho.


Itabira e educação ambiental

A revisão do Plano de Manejo do Mona Itabira será realizada por uma empresa contratada pela concessionária dos serviços de fornecimento de luz e energia do Espírito Santo, a partir de um Termo de Compromisso de Compensação Ambiental. O zoneamento da Mona foi declarado inconstitucional em 2017, junto a outros dispositivos do Plano Diretor Municipal (PDM), e o novo Plano de Manejo visa criar diretrizes para o uso do solo na região.

O órgão gestor da Política Municipal de Educação Ambiental, por sua vez, terá a participação da Secretaria Municipal de Educação (Seme), auxiliando na promoção das ações. “Educação ambiental não se limita às escolas, devendo ser também direcionada às empresas e à população de modo geral”, comentou Andressa Colombiano.

Novo veículo

Outra conquista, foi a entrega de um veículo doado pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) para utilização no projeto Nascentes Vivas, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Criado em 2018, o projeto já proporcionou a preservação de 32 nascentes em localidades dos distritos de Burarama e Pacotuba, e o novo veículo permitirá a ampliação da área de abrangência.

 

 

Comentários Facebook


Mais Meio Ambiente

Chuvas no Espírito Santo devem continuar até sexta-feira, prevê Inmet

Monitor de Secas aponta redução da área com seca e da gravidade do fenômeno no Espírito Santo

Ilha dos Franceses, rara beleza em Itapemirim e refrescante atrativo no verão 2020

Visitas guiadas ao Monte Aghá estão com inscrições abertas

Estado terá 100% dos municípios realizando licenciamento ambiental em 2020

Presidente Kennedy cria comissão para enfrentar eventual avanço da lama de petróleo nas praias

Óleo já atingiu pelo menos 675 áreas de 116 cidades, informa Ibama

Devido ao vazamento de óleo no Nordeste, praias de Itapemirim são monitoradas diariamente

Victor Coelho assina pacote de medidas ambientais em Cachoeiro

Óleo atinge local de desova de tartarugas no Espírito Santo

Na foz do Rio Doce, pescadores temem que óleo agrave tragédia

Fuzileiros vão tentar localizar manchas de óleo no Espírito Santo

Recanto sagrado dos yanomami, Pico da Neblina deve ser reaberto

Ambientalista diz que Cachoeiro tem 80% de esgoto tratado

Primavera começa, mas chuvas devem se fixar apenas em outubro

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web