Grupo Brinox

Grupo gaúcho vai investir R$ 50 milhões em parque industrial no Espírito Santo

O governador Casagrande destacou a confiança do setor empresarial na solidez fiscal do Espírito Santo

Por | 24.12.2019

Foto: Hélio Filho/Secom

 

O Espírito Santo receberá R$ 50 milhões em investimentos com a implantação do parque industrial do Grupo Brinox no município de Linhares. O grupo está implantando a primeira linha de montagem da fábrica. O início oficial das operações está previsto para o próximo dia 02 de janeiro. O anúncio foi feito durante reunião com o governador Renato Casagrande, na tarde desta segunda-feira (23), no Palácio Anchieta, em Vitória. Na ocasião, também foi assinado o Termo de Constatação de Investimentos.

A planta que será desenvolvida no Estado é a primeira do grupo fora do Rio Grande do Sul, onde atua há 30 anos. Atualmente, a área ocupada é de 10,5 mil metros quadrados, mas a expectativa é de que chegue a 35 mil metros quadrados. Ao todo, serão gerados 240 empregos diretos e outros 400 indiretos. A nova fábrica terá capacidade de produzir até 600 mil panelas de inox por mês.

O governador Casagrande destacou a confiança do setor empresarial na solidez fiscal do Espírito Santo e comemorou a criação de novas oportunidades de emprego para os capixabas.

“Estamos fechando o ano com boas notícias. A vinda da Brinox para o Espírito Santo é um reconhecimento à nossa organização e a mão de obra capixaba, que está acima da média na comparação com outros Estados. O ano de 2019 foi instável nacionalmente, mas mantivemos o Espírito Santo organizado. Criamos o Fundo Soberano e geramos confiança em quem quer empreender no Estado”, ressaltou Casagrande.

Ele apontou ainda que a posição geográfica do Estado e os incentivos são fundamentais para atração de empresas de grande porte. “O Espírito Santo oferece confiança, que é tudo na vida. As pessoas confiam no Estado, confiam em nossa mão de obra e a nossa localização é fundamental, além de termos bons incentivos, tanto estaduais quanto federais na área da Sudene. Esse conjunto transforma o Estado em um porto seguro para investidores, gerando emprego e renda aos capixabas”, disse o governador.

O diretor geral da Brinox, Christian Hartenstein, apontou os motivos que contribuíram para a escolha do Estado para a expansão. “Analisamos várias alternativas antes de optar pelo Espírito Santo. Escolhemos aqui pela posição estratégica geográfica, central, perto dos nossos mercados, além da disponibilidade de qualificação da mão de obra para nossa produção. Encontramos um Estado com um ambiente de negócios favorável, onde todos os entes públicos deram todo suporte para realizarmos o projeto”, afirmou.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, explicou que a vinda do novo grupo fortalece a cadeia produtiva do Estado. “É o primeiro empreendimento que o Estado recebe deste setor, e isso certamente vai fomentar uma nova cadeia de fornecedores, gerando mais renda, trabalho e competitividade para o Estado. A Sedes se orgulha por ter participado das negociações que contribuíram para a escolha do Espírito Santo”, destacou.

Para o diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Maurício Cézar Duque, o empreendimento em Linhares é resultado de uma articulação a várias mãos. “O Bandes é um instrumento de apoio às políticas que geram desenvolvimento objetivo e distribuído, que geram oportunidades também para que as médias e grandes empresas que podem encontrar um terreno fértil para se desenvolver. Estamos trabalhando em duas vias: o desenvolvimento regional e setorial. A vinda da Brinox mostra que a estratégia de articulação que o Governo vem executando e que o Bandes participa está trazendo resultado com o fortalecimento da nossa economia a partir da atração de grandes investimentos”, detalhou.

A planta capixaba terá capacidade para atender o mercado interno, com envio de produtos de forma direta para as regiões Norte, Nordeste e Sudeste do País. O grupo também pretende concentrar no Estado as operações de importações de insumos produtivos, além de atividades de e-commerce.

Sobre o Grupo Brinox

Com 30 anos de história, o Grupo Brinox está instalado no polo industrial de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul e é um dos maiores fabricantes de utilidades domésticas do Brasil. Atualmente, o grupo conta com mais de cinco mil produtos em seu portfólio, como panelas, talheres, lixeiras, utensílios e utilidades em geral. Para todos os estilos, possui itens em aço inox, alumínio, aço cromado, silicone, nylon, entre outros materiais.

 

 

Comentários Facebook


Mais Economia

Banco do Brasil recebe título de empresa brasileira mais sustentável

Sicoob do ES libera R$ 153,5 milhões para investimentos rurais

Feriados em dias úteis podem gerar perda de R$ 20 bilhões este ano

Lei permite concessão da exploração de rochas ornamentais

ES vai investir R$ 1 bi em estradas, afirma Casagrande na Findes

Procon orienta consumidores para utilização do cheque especial

Materiais exóticos atraem compradores de mais de 50 países

Britânia confirma investimentos no ES com geração de mil vagas de empregos

Para 71% dos empresários brasileiros, 2020 será positivo para os negócios, indica pesquisa da Deloitte Brasil

Em 2019, Nossocrédito de Itapemirim aumenta em mais de 100% volume de Empréstimo

Setor hoteleiro movimenta economia do Espírito Santo

Salário mínimo será de R$ 1.039 em 2020

Governo do Estado prevê mais investimentos para 2020

Cachoeiro incentiva empreendedorismo e atração de investimentos

Grupo gaúcho vai investir R$ 50 milhões em parque industrial no Espírito Santo

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web