Chuvas no ES

Prefeito de Itapemirim determina atendimento prioritário à população atingida pela enchente

O chefe do Executivo também percorreu as localidades atingidas pela enchente nesta segunda-feira (27),

Por | 27.01.2020

O prefeito de Itapemirim, Dr. Thiago, determinou atendimento prioritário às vítimas das enchentes decorrentes do alto volume de água que vem de outras cidades e atingiu o interior do município. A principal preocupação nestes últimos dias tem sido o possível rompimento do dique de Muritiba, mas graças aos esforços de várias equipes da Administração, encontra-se sobre controle.

O chefe do Executivo também percorreu as localidades atingidas pela enchente nesta segunda-feira (27), inclusive, esteve às margens do rio Itapemirim, na ponte da sede do município, manifestou sua preocupação com a velocidade e volume da água que por ali percorre. O prefeito informou que aproximadamente 200 pessoas desabrigadas estão alojadas em prédios públicos e que a prefeitura está dando todo suporte para reconstruir qualquer prejuízo sofrido em função do desastre natural.

Em relação à contenção das águas, a prefeitura está trabalhando num paliativo para manter a retenção do dique em Muritiba. Diversas secretarias disponibilizaram sete caminhões, uma pá mecânica, duas retros, uma escavadeira e 60 basculhantes de barro.

O gerente-geral da prefeitura de Itapemirim, Tiago Faria Leal, e diversos servidores de outros departamentos estão trabalhando 24 horas por dia, tanto no resgate de animais, quanto na remoção de famílias para local seguro, além de estarem monitorando as áreas afetadas em tempo integral.

A Guarda Municipal está atendendo aos chamados e acompanhando todas as ações da prefeitura. Nas localidades de Paineiras, Coqueiros e Barro Roxo, todas as famílias foram removidas para locais seguros e estão sendo assistidas pela prefeitura, com equipes médicas e alimentação, entre outros.

O rompimento do dique prejudicaria, demasiadamente, toda a região baixa dos bairros Candéus, Campo Acima e Jardim Paulista, mas homens e máquinas estão trabalhando diuturnamente na contenção para evitar danos à população. Vale ressaltar que as águas da enchente não afetam o litoral, portanto, turistas que podem visitar tranquilamente as praias de Itaoca e Itaipava.

 

 

Comentários Facebook


Mais Saúde

Câncer: Inca alerta para sinais e sintomas persistentes em crianças

Pesquisa revela o comportamento digital dos médicos no Brasil

A pedido de Dr. Thiago Peçanha, ex-prefeito de Itapemirim será homenageado em UTI do Hospital Santa Helena

Farmácia Cidadã de Atílio Vivácqua passa a funcionar direto, sem intervalo para almoço

Tabela SUS Capixaba para exames é publicada no Diário Oficial

Dia Mundial de Combate ao Câncer: médicos recomendam atividade física

Moradores afetados por enchente podem se vacinar contra hepatite A em seis locais

Número de mortes pelo coronavírus ultrapassa 300 na China

Casos suspeitos de coronavírus sobem para 12 no Brasil

Centro de Operações Estratégicas elabora plano para conter coronavírus

Regiões de Cachoeiro atingidas por enchente terão vacinação contra hepatite A

Cachoeiro intensifica ações de combate a endemias após enchente

Secretaria de Saúde orienta população sobre cuidados pós-enchente

Prefeito de Itapemirim determina atendimento prioritário à população atingida pela enchente

Médico explica câncer de pulmão agressivo de Ana Maria Braga

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação sem autorização.

© Atenas Notícias e Opinião.
Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web